Cassilândia, Terça-feira, 28 de Março de 2017

Últimas Notícias

07/01/2006 17:10

General havia reforçado operações militares esta semana

Mylena Fiori/ABr

A Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (Minustah) havia iniciado, na última quinta-feira (5), uma série de novas ações militares em Porto Príncipe e arredores. O objetivo, segundo comunicado da Minustah à imprensa, era "reestabelecer a segurança pública, indispensável ao bom andamento das eleições".

A iniciativa havia sido anunciada em 22 de dezembro pelo secretário-geral das Nações Unidas no Haiti, o diplomata chileno Juan Gabriel Valdés. O general brasileiro Urano Teixeira da Matta Bacellar, encontrado morto na manhã de hoje, em Porto Príncipe, era o chefe militar da missão.

Na própria quinta-feira (5), a Minustah divulgou que "diversos pontos de controle militar já haviam sido instalados na capital haitiana". O mesmo comunicado pedia paciência à população.

"A Minustah tem consciência dos inconvenientes causados por estas ações, notadamente pela perturbação da circulação e pela revista dos usuários. Em consequência, convida a população a dar uma prova de paciência, compreensão e colaboração para o êxito dessas operações", diz a nota oficial.

A Minustah destaca, no entanto, que a segurança da região depende tanto de ações militares quanto de esforços contínuos visando a melhoria das condições de vida nos bairros mais pobres de Porto Príncipe.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 27 de Março de 2017
Domingo, 26 de Março de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)