Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/02/2007 07:36

Gado de 14 municípios de fronteira será rastreado

Fernanda Mathias/Campo Grande News

Além da Área de Proteção e Vigilância Especial, que envolve os municípios de Eldorado, Mundo Novo e Japorã, outra Área de Vigilância Especial será criada nos 14 municípios de Mato Grosso do Sul que fazem fronteira com o Paraguai, dentro das ações para eliminação do vírus da febre aftosa. A informação é do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Nessas regiões, a vigilância será reforçada com o rastreamento dos animais. Todo o rebanho será cadastrado na Base Eletrônica de Dados do Mapa.

O Mapa publicará uma instrução normativa definindo as ações sanitárias que serão adotadas em Mato Grosso do Sul diante de resultado reagente em algumas amostras de sorologia para febre aftosa. Além disso, medida do governo do Estado deve ser publicada, isentando de ICMS bovinos reagentes que forem abatidos em Eldorado, Mundo Novo e Japorã. Os focos da doença ocorreram nestes municípios em outubro de 2005.

No sábado houve reunião entre autoridades do Estado e do Mapa para discutir as ações que devem ser implementadas na região, onde foi definida a criação de uma Área de Proteção e Vigilância Especial para os três municípios. O secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Gabriel Alves Maciel, disse que haverá controle rigoroso do trânsito de animais e carnes no local. Os abates de animais reagentes serão abatidos em três frigoríficos, localizados nos municípios de Eldorado e Iguatemi, ao sul do Estado.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)