Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/09/2005 07:41

Futebol: Brasil ganha na prorrogação e vai para as semi

CBF News

O Brasil está nas semifinais do Mundial Sub-17 do Peru, seguindo na sua caminhada para a conquista do tetracampeonato. Em um jogo difícil, em que a Seleção da Coréia do Norte ofereceu muita resistência, a Seleção Brasileira fez prevalecer o seu melhor futebol para chegar à vitória por 3 a 1, obtida na prorrogação.

Ramon fez 1 a 0 para o Brasil e Kyong Il Kim estabeleceu o 1 a 1 com que terminou o tempo normal. Na prorrogação, Celso, que substituíra Anderson, e Igor marcaram os gols da vitória que levou a Seleção Brasileira às semifinais do Mundial.

Na quinta-feira, às 21 horas de Brasília, o Brasil enfrentará a Turquia. Na outra partida das semifinais, às 18 horas de Brasília, Holanda e México se enfrentam.

A técnica do Brasil contra a correria do adversário

A Seleção Brasileira encontrou muita dificuldade no primeiro tempo para fugir da marcação da Coréia do Norte. Além enfrentar o forte calor, com a temperatura chegando aos 38 graus, tinha pela frente um adversário que ainda assim conseguia jogar com rapidez, que é a principal característica das seleções desse país, e também se mostrava muito bem organizada taticamente.

Em razão disso, e tendo seus principais jogadores anulados, o Brasil não conseguia sair da marcação para criar jogadas perigosas no ataque. A Coréia do Norte tinha mais a posse da bola e arriscava seguidamente as conclusões de fora da área - em uma delas, o goleiro Felipe salvou o Brasil com brilhante defesa.

A Coréia do Norte atacava mais, o Brasil não tomava a iniciativa das ações, mas assim mesmo teve uma chance clara de marcar. Em uma saída equivocada do goleiro coreano, Anderson ficou com o gol à sua frente, mas errou na conclusão.


No segundo tempo, bastou a Seleção Brasileira organizar o seu primeiro contra-ataque para chegar ao gol. Aos 2 minutos, Anderson fez boa jogada pela esquerda, entrou na área, depois de driblar o zagueiro, e com muita precisão, ao invés do chute, rolou a bola para Ramon marcar - foi o quarto gol de Ramon, o artilheiro do Mundial.

A vantagem foi conseguida em um momento importante da partida. Logo após, o meia Renato levou forte pancada na cabeça e saiu de campo procupando os companheiros, substituído por Maurício. Examinado pelo médico Adílson Camargo, constatou-se que o jogador não sofrera nada de grave, e foi levado diretamente para o hospital para exames apenas por precaução.

O jogo prosseguiu no mesmo ritmo da primeira fase. Apesar do forte calor, os coreanos continuavam marcando com eficiência, não permitindo que a Seleção Brasileira trocasse passes para exercer a melhor técnica dos seus jogadores.

Os lances de perigo na área do Brasil se sucedidam e em um deles o adversário chegou ao gol, que foi corretamente anulado, já que o atacante coreano ajeitou a bola com a mão antes do chute final.

De tanto insistir, a Coréia chegou ao empate. Anderson e Vinícius haviam saído, para a entrada de Celso e Tácio, quando aos 36 minutos Leyrielton fez falta pelo lado esquerdo do ataque coreano. Na cobrança, sem que ninguém aparecesse para interceptar a bola cruzada na área, Kyong Il Kim não teve dificuldade para marcar com uma cabeçada.

A Seleção Brasileira pareceu sentir o gol. Somente nos minutos finais da partida, voltou a dominar, quase marcou em chute de Roberto, que desviou em um zagueiro, mas o placar ficou mesmo no 1 a 1 que levou a decisão das quartas-de-final para a prorrogação.

Na porrogação, Celso e Igor põem o Brasil nas semifinais

O Brasil tinha 30 minutos pela frente para chegar às semifinais da competição em que busca o tetracampeonato sem necessitar da decisão pela cobrança de pênaltis. E o time não decepcionou, chegando ao segundo gol em um lance que mostrou com exatidão o talento do jogador brasileiro.

Aos 6 minutos, Celso, que mesmo sendo reserva é um dos dos destaques do grupo, tomou a iniciativa do lance individual, tabelou com Igor, que devolveu a bola com categoria, para Celso marcar um belo gol.

Foi a vez de o Brasil, então, mostrar superioridade também no aspecto físico. O time continuou atacando, criando oportunidades - teve duas chances claras - e sem deixar que os coreanos ameaçassem. Estava decidido o jogo, mas o terceiro gol estava mais do que desenhado. Ele veio, em passe de Ramon, que Igor aproveitou para consolidar a merecida vitória sobre um adversário que, apesar da luta, acabou batido - e eliminado do Mundial.

O Brasil jogou com Felipe, Leyrielton, Sidnei, Simões e Vinícius (Tácio); Roberto, Denílson, Renato (Maurício) e Ramon; Anderson (Celso) e Igor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)