Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/09/2007 14:22

Funcionários dos Correios votam indicativo de greve

Clara Mousinho /Agência Brasil

Brasília - Funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) de todo o país decidem hoje (4), em assembléias, se entram em greve. Representantes da Federação Nacional da categoria e de 33 sindicatos decidirão se os trabalhadores páram a partir do dia 12 de setembro.

Os funcionários dos Correios pedem reajuste salarial de 47,77% e aumento real de R$ 200 nos salários. De acordo com o representante do Comando de Negociação da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos (Fentect), José Gonçalves, as propostas da empresa não corresponderam às reivindicações dos funcionários.


“Desde junho, nós fizemos nove reuniões e a empresa apresentou uma proposta que foi insignificante em relação às nossas reivindicações. A diretoria apresentou uma proposta de apenas 3,34%, sendo que a nossa reivindicação é de 47,77%. Também queremos a contratação de novos funcionários e melhorar as condições de trabalho. A entrega de correspondências infelizmente está sofrendo atraso devido à falta de pessoal”, afirmou Gonçalves.

O representante da federação disse que se a empresa negociar as reivindicações com os funcionário até o dia 12 deste mês, eles não entram em greve. “Hoje é votado o indicativo de greve para o dia 12 de setembro. Só não tem a greve se porventura, até o dia 11, a empresa apresentar alguma proposta que venha contemplar nossas reivindicações. Se não contemplar, a partir das 22 horas do dia 12 a gente entra em greve por tempo indeterminado”.

O secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores nos Correios (Sintcom) do Paraná, Nilson Rodrigues dos Santos, lembrou que a greve é um meio de negociação com a empresa. “A gente quer chamar a atenção da própria população para esse dia, porque ninguém gosta da greve. Nós do sindicato também achamos que ela é ruim para nós e para a população. Mas é o único recurso hoje que nos resta”.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)