Cassilândia, Domingo, 18 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

02/09/2018 16:30

Fratura por estresse: o que é, causas e como evitar o problema

Ativo.com

Os atletas vêm se esforçando cada vez mais para irem além das provas de 10 km e desafiar uma meia-maratona, mas nesse caminho, muitos vêm sendo acusados com fratura por estresse por consultórios especializados.

Ana Paula Simões, mestre em ortopedia e traumatologia pela Santa Casa de São Paulo, informa que 10% das fraturas esportivas ocorrem por estresse. “As fraturas por estresse são causadas por uma multiplicidade de fatores. Mas o que mais vejo são pessoas que começaram a aumentar a planilha de treinos repentinamente”, diz.

A fratura por estresse ocorre quando o osso é submetido a cargas muito intensas e não suporta tamanha pressão. A sobrecarga e o aumento do impacto fragilizam o osso a ponto de fazê-lo trincar e quebrar.

Segundo Ana Paula, os pacientes acometidos por esse tipo de fratura frequentemente possuem algum grau de fraqueza muscular. “Se o músculo não tiver capacidade de absorver o impacto, a energia fica retida nos ossos, que perdem a capacidade de impulsionar o corpo”, completa.

O peso é outro agente determinante. Muitos dos que praticam atividades físicas o fazem por causa do sobrepeso, que transfere essa sobrecarga à estrutura óssea. “Há outras causas, como variáveis genéticas, problemas hormonais, uso de drogas”, afirma a ortopedista.

Fratura por estresse em mulheres é mais comum
Os casos também aumentam com o crescimento da participação feminina nas corridas. Em mulheres é mais comum a fratura por conta das alterações hormonais decorrentes da atividade esportiva. “As alterações hormonais associam-se as mudanças nutricionais. Em muitos dos casos, baixa bastante a entrada de minerais, que desencadeia o enfraquecimento do osso”, assinala Ana Paula.

Evelyn Vaz do Amaral, de 40 anos, é uma das atletas que passaram pelo consultório de Ana Paula. Ela participou de uma prova dominical de 9 km, à qual somaria um trecho de treino de 5 km para cumprir 14 km. No sétimo quilômetro, as dores começaram a atacá-la e a ressonância mostrou uma fratura por estresse na tíbia.

De acordo com Ana Paula, dependendo do grau da fratura, a recuperação não demanda tanto tempo e a cicatrização ocorre entre quatro e seis semanas. Evelyn ficará afastada dos treinos de corrida por um mês. “Acho que pensei muito na prova e me esqueci de outras coisas”, reflete a corredora.

Já em casos de fraturas em zonas de difícil consolidação, é necessária cirurgia. Para estimular a consolidação óssea, os médicos adotam ingestão de cálcio, estimulação por ondas de choque e até a infusão de células mesenquimais, um método ainda experimental. No combate à dor, a acupuntura é uma excelente aliada quando há dores fortes.

Entre as causas, a única que não dá para corrigir é a genética. Nesse caso, a saída é usar cálcio e tomar vitamina D. Além de buscar fortalecimento muscular e atentar à saúde dos ossos, o corredor deve verificar o que pode fazer para reduzir o impacto.

Procurar informações sobre modelos de tênis mais compatíveis às suas necessidades particulares é fundamental. De acordo com Ana Paula, também é importante variar o tipo de terreno, procurando outras alternativas, como grama, areia, terra.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 18 de Novembro de 2018
Sábado, 17 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
06:25
Cassilândia/Paranaiba
Sexta, 16 de Novembro de 2018
22:20
Cassilândia
Quinta, 15 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Quarta, 14 de Novembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)