Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

19/03/2004 13:56

Fiscais dão trégua até 29 de março e aceitam negociar

Fernanda Mathias / Campo Grande News

Os fiscais agropecuários voltam a atuar na tarde de hoje por deliberação de reunião encerrada há pouco na DFA (Delegacia Federal de Agricultura) em Campo Grande desta vez em sintonia com a AFAMA ( Associação dos Fiscais Agropecuários em Mato Grosso do Sul). O presidente da AFAMA/MS, Helinton Rocha, explica, porém, que os fiscais vão continuar em alerta e se os pleitos não forem atendidos a greve por tempo indeterminado será deflagrada no dia 29 de março.
“Estamos dando um voto de confiança aos membros da mesa de negociação”, afirma. A mesa é composta pelo Ministério do Planejamento, da Agricultura, Casa Civil da Presidência da República, representante da Comissão de Agricultura da Câmara Federal, representada pelo deputado Waldemi Moka (PMDB-MS), pela Associação Nacional dos Fiscais Federais Agropecuários e empresários exportadores. Durante todo o fim de semana devem haver reuniões para encaminhar a questão. Os fiscais pedem 30% de reposição salarial e rejeitaram a última proposta feita pelo governo.
Para Rocha, os cinco dias de paralisação já serviram de amostra da importância da categoria para o agronegócio. Vários frigoríficos pararam os abates porque, mesmo com liminares, os embarques estão paralisados no porto de Paranaguá (PR). Lá mais de 100 navios estão ancorados sem poder embarcar e os containers, refrigerados e não refrigerados, estão com locação completa. “A previsão é que queda da arroba porque não há como estocar carne”, afirma.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)