Cassilândia, Sábado, 26 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

23/10/2003 08:27

Fiesp não acredita em aquecimento da economia

Liésio Pereira/ABr

São Paulo - A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, em nota oficial, considerou que a redução da taxa básica de juros (Selic), de 20% para 19% ao mês, sem viés, anunciada ontem pelo Comitê de Política Monetária (Copom), não estimula o aquecimento da economia neste final de ano. "Não nos surpreende que algumas pesquisas estejam atestando a dificuldade dos empresários em ajustar seus estoques e recuperar sua saúde financeira", diz a nota.

Para a Fiesp, o aquecimento da demanda doméstica é perceptível, mas ocorre em um ritmo bastante lento e de forma localizada. "Quem vê o cliente sabe que o poder de barganha está todo com o consumidor. É preciso aproveitar esse ambiente favorável ao controle de preços e soltar as amarras da economia continuando a derrubar os juros e o fazendo de forma mais pronunciada agora. O Banco Central está perdendo essa oportunidade", destaca o texto.

A Fiesp acredita que a produção está dividida em "dois mundos". Os que estão mais ligados à cadeia exportadora, segundo a entidade, "mostram um vigor surpreendente" e os seus preços estão mais associados à cotação do câmbio e ao cenário do mercado internacional. Já os demais empresários são os mais afetados pela política monetária. "Se não conseguir distinguir a dinâmica desses dois mundos, (o Banco Central) irá atirar no que vê e punir quem ainda não viu seus números no azul", ressalta a nota, assinada pelo presidente da Fiesp, Horácio Lafer Piva.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 26 de Setembro de 2020
07:28
Cassilândia/São José do Rio Preto
Sexta, 25 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)