Cassilândia, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

29/09/2018 12:00

Ferramenta permite o monitoramento do Cerrado pela tela do computador

Campo Grande News

O Cerrado, segundo maior bioma brasileiro, território que em boa parte está em Mato Grosso do Sul, poderá ser monitorado por qualquer pessoa e em tempo real. O Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) lançou nessa quinta-feira (27) o Deter Cerrado, ferramenta na qual será possível o acesso aos gráficos sobre o desmatamento na região, que abrange mais de 2 milhões de quilômetros quadrados e corresponde a 24% do território nacional.

A ferramenta reúne imagens produzidas pela câmera Wi-Fi instalada no satélite Cbers-4. Diariamente, elas serão repassadas ao Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos) para fiscalizar áreas de desflorestamento ilegal.

“Com esses dados, certamente teremos ações mais assertivas no combate ao desmatamento”, disse o diretor de Florestas e de Combate ao Desmatamento do Ministério do Meio Ambiente, Jair Schmitt.

O Deter Cerrado pode ser acessado, neste link.

Pelo sistema, é possível conferir o desmatamento do Cerrado por estado e por município. Ele também oferece mapas para comparar o avanço da retirada da cobertura vegetal desde 2000, com base em informações do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e do Serviço Florestal Brasileiro.

O Banco Mundial financia a iniciativa por meio do PIF (Programa de Investimento Florestal). As pesquisas são desenvolvidas conjuntamente pelo Inpe, pela UFG (Universidade Federal de Goiás) e pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 15 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Quarta, 14 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Terça, 13 de Novembro de 2018
17:57
Cassilândia/Paranaiba/Chapadão
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)