Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/12/2004 13:44

Famasul:Rastreabilidade opcional pode melhorar preço

Famasul Noticias

O preço do boi gordo pode melhorar com a desobrigação da inclusão de bovinos no Sisbov (Sistema de Identificação de Origem Bovina e Bubalina), anunciada ontem pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues. A avaliação é do superintendente da Seprotur (Secretaria Estadual de Produção e Turismo), Ademar Silva Júnior. Há pouco mais de um mês os prazos para inclusão no Sisbov haviam sido revogados, mantendo apenas a obrigatoriedade aos animais com destino ao mercado externo. A rastreabilidade compulsória, segundo Ademar, acabava servindo como ferramenta para que frigoríficos ao invés de premiarem o produtor que tem animais no Sisbov acabasse penalizando os que não estavam, ou seja, a maioria. Com essa manobra o preço do boi gordo acabava sendo nivelado por baixo. Agora que o produtor é desobrigado de rastrear seus animais, explica Ademar, a previsão é que em um primeiro momento a oferta desse produto diminua e assim os frigoríficos exportadores terão que premiar os produtores para estimular que eles incluam seus animais no Sisbov. “Obrigado a rastrear o produtor ficava em um mato sem cachorro. Agora, caso os frigoríficos remunerem melhor o produtor com animais rastreados é possível que mais tarde, com o estímulo, a adesão ao Sisbov possa aumentar”, diz. A desobrigação da rastreabilidade é um pleito antigo do setor produtivo que sustenta falta de infra-estrutura em muitas propriedades para rastrear animais. Segundo o CRMV-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul), somente 20% das fazendas do Estado têm tronco de contenção para trabalhar o animal, um dos fatores limitantes.


Autor:
Imprensa

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)