Cassilândia, Domingo, 26 de Fevereiro de 2017

Últimas Notícias

06/12/2004 13:44

Famasul:Rastreabilidade opcional pode melhorar preço

Famasul Noticias

O preço do boi gordo pode melhorar com a desobrigação da inclusão de bovinos no Sisbov (Sistema de Identificação de Origem Bovina e Bubalina), anunciada ontem pelo ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Rodrigues. A avaliação é do superintendente da Seprotur (Secretaria Estadual de Produção e Turismo), Ademar Silva Júnior. Há pouco mais de um mês os prazos para inclusão no Sisbov haviam sido revogados, mantendo apenas a obrigatoriedade aos animais com destino ao mercado externo. A rastreabilidade compulsória, segundo Ademar, acabava servindo como ferramenta para que frigoríficos ao invés de premiarem o produtor que tem animais no Sisbov acabasse penalizando os que não estavam, ou seja, a maioria. Com essa manobra o preço do boi gordo acabava sendo nivelado por baixo. Agora que o produtor é desobrigado de rastrear seus animais, explica Ademar, a previsão é que em um primeiro momento a oferta desse produto diminua e assim os frigoríficos exportadores terão que premiar os produtores para estimular que eles incluam seus animais no Sisbov. “Obrigado a rastrear o produtor ficava em um mato sem cachorro. Agora, caso os frigoríficos remunerem melhor o produtor com animais rastreados é possível que mais tarde, com o estímulo, a adesão ao Sisbov possa aumentar”, diz. A desobrigação da rastreabilidade é um pleito antigo do setor produtivo que sustenta falta de infra-estrutura em muitas propriedades para rastrear animais. Segundo o CRMV-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária de Mato Grosso do Sul), somente 20% das fazendas do Estado têm tronco de contenção para trabalhar o animal, um dos fatores limitantes.


Autor:
Imprensa

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 26 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017
10:00
Receita do dia
07:30
Loterias
Sexta, 24 de Fevereiro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)