Cassilândia, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

Últimas Notícias

07/02/2006 07:03

Famasul debate crise no agronegócio

Fernanda Barros

A Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) com o objetivo de retomar os trabalhos da Comissão de Pecuária e Agricultura realiza hoje um debate com os líderes sindicais, presidentes dos sindicatos rurais e todos os envolvidos no agronegócio do Estado.

O evento acontece no auditório da Famasul contando com uma palestra do professor e pesquisador da CEPEA (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada/Esalq-USP), Sérgio De Zen.

O cenário do agronegócio não é animador. No Estado a pecuária sofreu, primeiro com o câmbio e, no final do ano a crise se agravou com os focos da febre aftosa, derrubando o preço pago pela arroba. Na pecuária leiteira o preço pago pelo litro foi drasticamente reduzido, levando produtores a jogar fora leite em sinal de protesto.

A safra de 2005/06 vem sofrendo desde o plantio sem chuva aos altos custos de produção e as intempéries do tempo. O cenário da soja, para Mato Grosso do Sul, sofreu, decorrentes a alguns fatores como o preço do grão, o valor do dólar, o alto custo de produção deixando o produtor preocupado e sem saber como será o futuro.

A diretora secretária da Famasul, Tereza Cristina Correa da Costa, afirma que “a safra ainda é uma incógnita”. A diretora ainda explica que “algumas localidades contam com perdas e outras estão com boa produtividade, porém as expectativas não são boas”.

De acordo com pesquisas de mercado existem 60 milhões de toneladas de soja estocadas no mundo Devido a esse excedente do grão a comercialização da safra está comprometida, o que preocupa os produtores.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 26 de Junho de 2017
Domingo, 25 de Junho de 2017
15:50
Cassilândia
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)