Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/10/2014 08:35

Facebook lança aplicativo para chat em grupo

CanalTech

A mais recente novidade do Facebook, na verdade, é algo que você já deixou de usar há muito tempo. Com uma cara nova e muito apelo saudosista, a rede social está trazendo os bons e velhos chats de volta com o Rooms, aplicativo que permite aos usuários da plataforma, ou não, conversarem entre si em salas com os mais diversos temas.
A curadoria de conteúdo é feita pelos próprios utilizadores, que criam salas e começam a bater papo com quem aparecer por lá. Além de enviar texto, também é possível postar imagens e vídeos, além de utilizar o clássico botão “Curtir” não apenas para isso, mas também para outros fins configuráveis por você mesmo.

Não é preciso uma conta no Facebook para usar o Rooms. Basta um email para utilizar a novidade, na qual um pseudônimo também pode aparecer, em vez de seu nome real. Então, é só procurar por salas de grupos de interesse e começar a bater papo. Por enquanto, são poucos os usuários, mas a expectativa do Facebook é que esse número comece a crescer de forma rápida.

Para a empresa, também, trata-se de controlar a comunicação das pessoas de mais uma maneira. A companhia já conta com o Messenger, o Instagram e o Slingshot, além do WhatsApp, comprado no início do ano. Agora, é hora de criar mais uma ferramenta para seus usuários, principalmente aqueles que não desejam revelar suas identidade e preferem permanecer em um anonimato que o próprio Facebook muitas vezes não proporciona.

É exatamente isso que justifica, por exemplo, a escolha de criar o Rooms lado a lado com os grupos e páginas que já existem na rede social. De acordo com as informações do CNET, o foco nos dispositivos móveis e o fato de ser um aplicativo que permite o anonimato são facilitadores aqui, e mais do que isso, devem ser estratégias para atração de um público diferente daquele que já usa o próprio Facebook.

Volta ao passado? Mais ou menos

Mas também não é como se o Facebook estivesse copiando totalmente uma funcionalidade dos primórdios do passado. O Rooms, apesar de lembrar em quase todos os seus aspectos os bons e velhos bate-papos, tem uma característica que o torna único: ele não possui uma função de busca.

Em vez disso, a ideia é conectar os usuários entre eles mesmos, com convites para salas interessantes sendo enviados de um para o outro. Para isso, o aplicativo utiliza um sistema próprio, que se assemelha ao QR Code, e é usado para identificar seus utilizadores e também a sala para as quais eles estão convidando ou sendo convidados.

Os criadores das Rooms também contam com opções de moderação e podem, por exemplo, liberar completamente as postagens ou exigir que cada uma delas seja aprovada antes da exibição. Essa forma de automediação também garante que a empresa não precise cuidar tanto assim do comportamento dos usuários, já que eles mesmos levarão a comunidade para onde quiserem.

O Rooms é obra da Branch, uma startup que foi adquirida pelo Facebook no começo do ano. A aquisição aconteceu justamente por causa de uma tecnologia desse tipo, já que a companhia operava um site que trazia de volta as boas e velhas salas de bate-papo. Mark Zuckerberg e sua empresa viram potencial na ideia e imaginam, agora, que ela vá funcionar bem no mundo mobile.

Mas, para a rede social, apenas o tempo vai dizer como tudo vai funcionar. Com as semanas e meses se passando, novas funcionalidades serão adicionadas ao aplicativo e o Facebook promete também ouvir o feedback dos usuários, introduzindo novidades de acordo com o que eles forem falando. Mas a ideia é dar ao app um crescimento controlado.
Justamente por isso, o Rooms, por enquanto, está disponível apenas para iPhone em países de língua inglesa, como os Estados Unidos e Reino Unido. Se você tem uma conta na App Store de qualquer um destes territórios poderá fazer o download, mas não espere encontrar muitos amigos brasileiros por lá.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)