Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

25/10/2015 12:24

FAB confirma perseguição e abate de aeronave ilegal e sem plano de voo

Luana Rodrigues, Campo Grande News
Vídeo foi registrado por moradores. (Foto: Reprodução Vídeo)Vídeo foi registrado por moradores. (Foto: Reprodução Vídeo)

A FAB (Força Aérea Brasileira) confirmou ao Campo Grande News na manhã deste domingo(25), que tentou interceptar por meio de abate, uma aeronave suspeita de tráfico de substâncias entorpecentes e drogas, no espaço aéreo, próximo ao município de Japorã - distante 487 quilômetros de Campo Grande.

Conforme informações da Força Aérea, "durante uma operação rotineira de policiamento do espaço aéreo, uma aeronave suspeita foi detectada sem ter um plano de voo. O avião estava em uma rota conhecida por ser utilizada para atividades ilícitas. Os meios de defesa aérea foram acionados e a aeronave foi interceptada e acompanhada em voo."

Segundo a FAB, foram adotadas medidas de averiguação, intervenção e persuasão da aeronave, na tentativa de identificá-la via rádio ou sinais visuais; além de interceptá-la com o objetivo de forçar o seu pouso em aeródromo. Depois disso, os militares realizaram disparos de maneira que os tripulantes vissem e obedecessem a ordem de parada.

Como todas as medidas legais foram desobedecidas, foi realizada a medida de destruição, que consiste no disparo de tiros, feitos pela aeronave de interceptação, com a finalidade de provocar danos e impedir o prosseguimento do vôo da aeronave suspeita.

Logo após os tiros, a aeronave invasora seguiu em direção ao Paraguai, e não pode mais ser localizada pelos militares brasileiros.

Desde ontem(24) autoridades brasileiras e paraguaias trabalham para localizar a referida aeronave, além de seus tripulantes, mas até agora nenhum indício foi encontrado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)