Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/10/2013 11:00

FAB ainda não localizou monomotor e vítimas de acidente aéreo no Pantanal

Ângela Kempfer e Viviane Oliveira, Campo Grande News

Dois helicópteros da Base Aérea de Campo Grande buscam desde o início da manhã deste domingo o monomotor que caiu ontem, por volta das 8h, em Corumbá.

A aeronave ainda não foi localizada, apesar de um outro avião civil ter visto os destroços no final da tarde de sábado, em uma região alagada, de difícil acesso, no meio do Pantanal.

Ainda na manhã de ontem, o piloto e dono do avião, Ricardo Jardim Almeida, 48 anos, havia pedido socorro via rádio. Ele, a família e dois funcionários decolaram às 5h20 de Campo Grande e seguiam para a fazenda Gertrudes.

No total, 22 pessoas participam das buscas que tiveram início no sábado, por volta das 11h. O trabalho seguiu até o fim do dia e, por conta da visibilidade, só foi retomado hoje.

São seis militares do Esquadrão Pelicano em cada helicóptero, todos especialistas em buscas e resgates. Outros 10 estão em uma aeronave modelo Amazonas, que presta apoio.

Segundo a assessoria de imprensa da FAB (Força Aérea Brasileira), em Brasília, as informações até agora são apenas da aeronave civil que sobrevoava o local ontem. Neste domingo, quando as equipes de busca chegaram as coordenadas indicadas, não encontraram os destroços. O acidente ocorreu perto da fazenda Mirador.

Os 5 ocupantes desaparecidos são Ricardo Jardim Almeida, a esposa Fernanda Braga dos Santos, a filha Valentine, a babá Micheli Dias e o gerente da fazenda da família, Rodinei Joca Monteiro.

Valentine completou 1 anos e Fernanda estava grávida, no terceiro mês de gestação. Na próxima semana, Ricardo e a esposa completaria 4 anos de casamento. Até setembro deste ano, ela trabalhava no setor de marketing do Grupo Plaenge

A assessoria de imprensa da FAB considera remota a possibilidade de algum deles ter sobrevivido, porque a informação é de que o monomotor ficou totalmente destruído.

Os dados ainda são desencontrados. Hoje cedo, 3 funerárias de Campo Grande chegaram a ser acionadas para transportar os corpos da Base Aérea para o IMOL. Depois de cerca de 2 horas de espera, foram liberadas sem a previsão de desembarque das vítimas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)