Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/08/2007 08:44

Exportações do País quebram barreira dos US$ 150 bilhões

Alexssandro Loyola - Portal do Governo

Com o resultado do mês de julho, a somatória do acumulado das exportações brasileiras dos últimos doze meses soma US$ 150,433 bilhões. O maior valor já alcançado nas exportações brasileiras em períodos de doze meses é a primeira vez que supera a cifra de US$ 150 bilhões.

A somatória do acumulado dos últimos doze meses, registrando aumento de 17,7%, pela média diária, sobre agosto-2005/julho-2006, quando as exportações totalizaram US$ 128,376 bilhões. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (1), pelo Departamento de Planejamento e Desenvolvimento do Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

De acordo com os dados, em julho as exportações somaram US$ 14,120 bilhões, valor recorde histórico mensal, superando agosto de 2006 quando alcançou US$ 13,671 bilhões.

Pela média diária (US$ 641,8 milhões), o resultado de julho foi a terceira melhor média mensal, abaixo apenas de julho de 2006 (US$ 650,0 milhões) e junho de 2007 (US$ 655,9 milhões). Sobre julho de 2006, as exportações decresceram 1,3% e sobre junho de 2007, -2,1%, pela média diária.

Importações

As importações somaram US$ 105,183 bilhões, aumento de 27,2%, pela média diária, sobre o mesmo período anterior (US$ 83,037 bilhões), constituindo-se igualmente em valor recorde para períodos de doze meses.

O superávit comercial acumula US$ 45,250 bilhões, valor 0,2% abaixo do registrado em equivalente período anterior (US$ 45,339 bilhões). A corrente de comércio alcançou recorde de US$ 255,616 bilhões, com aumento de 21,4%, pela média diária, sobre o mesmo período anterior, quando a corrente totalizou US$ 211,413 bilhões.

Destaques de julho

Dentre os destaques da exportação no mês, registram valores recorde mensal, manufaturados (US$ 7,078 bilhões), básicos (US$ 4,878 bilhões) e semimanufaturados (US$ 1,904 bilhão).

No grupo dos manufaturados, destacaram-se os aumentos nas exportações de aviões (+148,0%, para US$ 226 milhões), gasolina (+44,8%, US$ 179 milhões), polímeros plásticos (+29,5%, para US$ 156 milhões), automóveis de passageiros (+8,9%, para US$ 453 milhões), autopeças (+5,3%, para US$ 279 milhões) e laminados planos (+2,4%, para US$ 237 milhões).

Entre os básicos, os maiores aumentos ocorreram nas vendas de milho em grãos (+124,9%, para US$ 172 milhões), minério de cobre (+89,6%, US$ 141 milhões), carne de frango (+81,1%, para US$ 370 milhões), café em grão (+14,5%, para US$ 241 milhões), fumo em folhas (+10,2%, para US$ 284 milhões) e carne suína (+6,9%, para US$ 84 milhões).

No mês, destacou-se o aumento das quantidades exportadas dos seguintes produtos, na comparação julho-2007/2006: açúcar refinado (+13,9%), carne bovina (+10,1%), carne de frango (+45,1%), carne suína (18,0%), materiais elétricos e eletrônicos (+6,3%), fumo em folhas (+16,6%), máquinas e equipamentos (+4,1%), alumínio em bruto (+11,7%), semimanufaturados de ferro (+15,7%), aviões (+166,7%), ônibus (+140,0%), pneumáticos (+20,3%), tratores (+23,5%), caminhões (+6,4%), automóveis (+3,2%), veículos de carga (+7,9%), milho (+65,2%), celulose (+7,4%) e gasolina (+49,9%).

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)