Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/10/2011 15:00

Excesso de peso eleva risco de doenças crônicas, alerta ministério

Paula Laboissière, Agência Brasil

Brasília – No Dia Mundial de Prevenção à Obsesidade, lembrado hoje (11), o Ministério da Saúde alerta que o excesso de peso é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, como o infarto e o diabetes.

Dados do Vigitel (2010) indicam que 48,1% dos brasileiros adultos têm sobrepeso e 15% estão obesos. Entre 2006 e 2010, foi registrado um aumento do excesso de peso entre homens em 1,2 ponto percentual ao ano. Entre as mulheres, o aumento foi de 2,2 pontos percentuais ao ano. A frequência da obesidade também subiu entre o sexo feminino – em média, 1 ponto percentual ao ano no mesmo período.

O excesso de peso entre crianças e jovens, segundo o ministério, também preocupa. Um estudo com crianças de 5 a 9 anos mostra que, entre 2008 e 2009, o sobrepeso e a obesidade já registravam índices de 33,5% e 14,3%, respectivamente. Na população de 10 a 19 anos, o sobrepeso foi diagnosticado em cerca de 1/5 dos adolescentes e a prevalência de obesidade foi de 5,9% em meninos e 4% em meninas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o sobrepeso e a obesidade respondem como a quinta causa de mortes em todo o mundo – pelo menos 2,8 bilhões de adultos morrem todos os anos em consequência dessas condições. Também estão relacionados ao excesso de peso 44% dos casos de diabetes, 23% das doenças do coração e entre 7% e 41% de determinados tipos de câncer.

Uma pessoa é considerada obesa quando o Índice de Massa Corporal (IMC) é igual ou superior a 30. No caso do sobrepeso, o IMC é igual ou superior a 25. Para fazer o cálculo, basta dividir o peso atual (em quilos) pelo dobro da altura (em metros).

Dados globais mostram que a obesidade mais que dobrou desde a década de 80. Em 2008, mais 1,5 bilhão de adultos com 20 anos ou mais estavam acima do peso – desses, cerca de 200 milhões de homens e quase 300 milhões de mulheres eram obesos.





Edição: Lílian Beraldo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)