Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/07/2007 06:53

Ex-vereador condenado por mandar matar colega pede HC

STF

O ex-presidente da Câmara de Vereadores de São João do Meriti (RJ) Cláudio Heleno dos Santos Lacerda impetrou Habeas Corpus (HC 91830) no Supremo Tribunal Federal (STF) para que possa recorrer em liberdade de sua condenação a 19 anos de prisão. O relator da ação é o ministro Celso de Mello.

O ex-vereador foi condenado pelo Tribunal do Júri da 3ª Vara Criminal do Rio de Janeiro por homicídio qualificado (artigo 121, parágrafo 2º, inciso I do Código Penal). Ele seria o suposto mandante do assassinato do também vereador Sérgio Costa Barros, em abril de 1998. Contra a decisão do juiz, que negou a Cláudio Lacerda o direito de recorrer da sentença em liberdade, a defesa impetrou habeas corpus no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ambos negados, este último em pedido liminar.

Para o advogado do ex-vereador, o argumento do juiz - de que haveria a possibilidade do condenado fugir, furtando-se ao cumprimento das penas, já que ele teria ainda outra condenação, perfazendo um total de 25 anos de reclusão - é inábil para impedir a liberdade em caráter cautelar. Dessa forma, a defesa pede a expedição de alvará de soltura em favor do ex-vereador, para que ele possa aguardar o julgamento do mérito em liberdade. Ao final, o advogado quer que seja confirmada a falta de fundamentação de prisão cautelar de Cláudio Heleno, com a concessão do habeas corpus em definitivo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)