Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/10/2010 11:39

Ex-procurador de Dourados também terá de voltar à prisão

Fernanda França, Campo Grande News

O ex-procurador jurídico de Dourados, Alziro Moreno, também terá de voltar para a prisão nesta sexta-feira, conforme decisão tomada ontem pela 1ª Turma Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

O TJ revogou ainda a liberdade da ex-secretária de Finanças e Receita, Ignes Boschetti Medeiros e do ex-secretário de Obras, Dilson Cândido de Sá. Foram mantidas também as prisões do vice-prefeito Carlinhos Cantor (PR) e dos vereadores Humberto Teixeira Júnior (PDT) e Sidlei Alves (DEM).

Alziro disse há pouco ao Campo Grande News que já foi informado da decisão judicial, mas que ainda não foi notificado. “Mas vamos cumprir o que a Justiça manda, assim que for notificado vou procurar a juíza e me apresentar”, assegurou.

Alziro acha que, tecnicamente, tem o direito de responder ao processo em liberdade. O advogado do ex-procurador, João Arnar, deve planejar novas ações nos próximos dias para tentar tirar Alziro da cadeia.

Questionado sobre seu envolvimento no esquema de corrupção em Dourados, o ex-procurador diz que “todos são inocentes até que se prove o contrário”.

O escândalo que caiu como uma bomba nas hostes políticas de Dourados foi deflagrado pela Polícia Federal, por meio da Operação Uragano. Ao todo, mais de 60 pessoas foram indiciadas.

Entre os presos, está o prefeito afastado Ari Artuzi e sua esposa, Maria Aparecida Freitas Artuzi, além do então presidente da Câmara, Sidlei Alves e do primeiro-secretário, Humberto Teixeira Júnior, entre outros vereadores e secretários, acusados de pagar e receber propina de dinheiro desviado dos cofres públicos.

Todo o esquema foi denunciado pelo jornalista Eleandro Passaia, então secretário de Governo da prefeitura. Ele fez as gravações orientado e com equipamentos da Polícia Federal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)