Cassilândia, Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Últimas Notícias

31/08/2017 17:30

Ex-gestores públicos terão que devolver R$ 161 mil, decide TCE-MS

Campo Grande News

Em sessão realizada pelos conselheiros do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) nesta quarta-feira (30), foi determinado que ex-gestores públicos de Bataguassu, Bandeirantes e Dourados devolvam aos cofres dos respectivos municípios o valor de R$ 161.873,68.

A sessão foi presidida pelo presidente do TCE-MS, Waldir Neves, e os conselheiros relataram 47 processos e aplicaram um total de multas aos gestores e ex-gestores públicos no valor R$ 65.954,06.

No caso de Bataguassu, foi determinada a devolução de R$ 80.536,68 por nove ex-gestores, sendo que cada um deles terá que pegar R$ 8.948,52, além de duas multas de R$ 2.423 e R$ 1.211,50 ao todo por pagamento de subsídios a vereadores acima do limite permitido e prestação de contas sem estar instruída com parecer técnico conclusivo.

Já em Dourados, a devolução de R$ 52.632 se refere ao pagamento indevido de sessões extraordinárias a vereadores no exercício financeiro de 2012, sendo que o Idenor Machado foi multado em 3.634,50.

Fechando as decisões do TCE, foi ex-prefeito Márcio Faustino de Queiroz foi multado em R$ 2.423 e R$2.834,91 por irregularidades encontradas em auditoria, enquanto o então secretária de Saúde, Gilvan Gonçalves de Lima também recebeu multa de R$ 1.211,50. O ex-prefeito também terá que devolver R$ 28.705.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 24 de Fevereiro de 2018
Sexta, 23 de Fevereiro de 2018
Quinta, 22 de Fevereiro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)