Cassilândia, Terça-feira, 27 de Junho de 2017

Últimas Notícias

10/08/2005 14:25

Estado instala câmara setorial do Biodiesel hoje

Famasul Notícias

A câmara será coordenada pelo professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Flávio Aristone. Na oportunidade será dada posse aos 21 membros que passarão a compor a câmara. Somando-se aos sistemas já instalados, Mato Grosso do Sul passa a contar com 13 câmaras, todas gerenciadas pelo governo estadual, por meio da Seprotur (Secretaria da Produção e do Turismo), e compostas por membros e entidades dos setores, público e privado.

De acordo com o secretário de Estado da Produção e Turismo, Dagoberto Nogueira Filho, a câmara terá a finalidade de consolidar as propostas de projetos estratégicos para o álcool combustíveis e o biodiesel, envolvendo desde a geração de inovações tecnológicas até proposituras de mecanismos de financiamento para alavancarem a produção estadual
Segundo informações da Agência Popular, o coordenador da Câmara Setorial do Biodiesel de São Paulo, professor e coordenador do Laboratório de Desenvolvimento de Tecnologias Limpas, do departamento de Química da USP (Universidade de São Paulo) de Ribeirão Preto, Miguel Joaquim Dabdoub Paz, vai ministrar a palestra “Biodiesel, perspectiva e inovação tecnológica”.

Conforme Dabdoub, que realiza pesquisas na área desde 1990 e assumiu a Câmara em junho do ano passado, a tecnologia já está sendo testada e com um diferencial importante em relação aos países desenvolvidos: utiliza, para reação com óleos vegetais, o etanol, álcool derivado da cana-de-açúcar, que é, portanto, renovável; enquanto países da Europa e Estados Unidos usam o metanol, derivado do petróleo.

Ecologicamente correta, 100% renovável, nacional e socialmente eficaz, o biodiesel brasileiro, segundo Dabdoub, é produzido a partir de qualquer óleo vegetal (extraído de soja, azeite de dendê, de mamona, de amendoim, etc.) em reação química com o etanol (álcool derivado da cana-de-açúcar). “Ao utilizar o álcool da cana-de-açúcar, temos um produto 100% verde e 100% renovável”, destaca ao comentar que o Brasil é o único país a desenvolver a tecnologia utilizando o etanol como matéria-prima.

Autor:
Agronotícias/MS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 27 de Junho de 2017
Segunda, 26 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)