Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/08/2005 14:25

Estado instala câmara setorial do Biodiesel hoje

Famasul Notícias

A câmara será coordenada pelo professor da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Flávio Aristone. Na oportunidade será dada posse aos 21 membros que passarão a compor a câmara. Somando-se aos sistemas já instalados, Mato Grosso do Sul passa a contar com 13 câmaras, todas gerenciadas pelo governo estadual, por meio da Seprotur (Secretaria da Produção e do Turismo), e compostas por membros e entidades dos setores, público e privado.

De acordo com o secretário de Estado da Produção e Turismo, Dagoberto Nogueira Filho, a câmara terá a finalidade de consolidar as propostas de projetos estratégicos para o álcool combustíveis e o biodiesel, envolvendo desde a geração de inovações tecnológicas até proposituras de mecanismos de financiamento para alavancarem a produção estadual
Segundo informações da Agência Popular, o coordenador da Câmara Setorial do Biodiesel de São Paulo, professor e coordenador do Laboratório de Desenvolvimento de Tecnologias Limpas, do departamento de Química da USP (Universidade de São Paulo) de Ribeirão Preto, Miguel Joaquim Dabdoub Paz, vai ministrar a palestra “Biodiesel, perspectiva e inovação tecnológica”.

Conforme Dabdoub, que realiza pesquisas na área desde 1990 e assumiu a Câmara em junho do ano passado, a tecnologia já está sendo testada e com um diferencial importante em relação aos países desenvolvidos: utiliza, para reação com óleos vegetais, o etanol, álcool derivado da cana-de-açúcar, que é, portanto, renovável; enquanto países da Europa e Estados Unidos usam o metanol, derivado do petróleo.

Ecologicamente correta, 100% renovável, nacional e socialmente eficaz, o biodiesel brasileiro, segundo Dabdoub, é produzido a partir de qualquer óleo vegetal (extraído de soja, azeite de dendê, de mamona, de amendoim, etc.) em reação química com o etanol (álcool derivado da cana-de-açúcar). “Ao utilizar o álcool da cana-de-açúcar, temos um produto 100% verde e 100% renovável”, destaca ao comentar que o Brasil é o único país a desenvolver a tecnologia utilizando o etanol como matéria-prima.

Autor:
Agronotícias/MS

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)