Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/10/2004 08:51

Especialista diz que jovem é maior vítima da violência

Lourenço Melo/ABr

Brasília - A violência no Brasil não é praticada na maior parte pelo jovem, que na verdade é sua maior vítima, conforme se pode ver nas estatísticas. Elas mostram que a maioria das ocorrências é de autoria de maiores de idade. A banalização da violência mostra um desrespeito não só à juventude, mas à sociedade como um todo no país.

Esta é a opinião presidente do Instituto Latino-Americano das Nações Unidas para a Prevenção do Delito e Tratamento do Delinqüente (Ilanud), professor Oscar Vilhena, um dos participantes do programa "Diálogo Brasil" de hoje, transmitido em rede pública de televisão pela TV Nacional e NBR (canal a cabo), emissoras Radiobras. Para ele, há violência promovida pelo Estado, pela polícia, que é paga para proteger os direitos do cidadão

Segundo o professor Vilhena, também o desrespeito ao direito alheio na nossa cultura. Isso vem do ponto mais alto da cadeia de autoridade até o mais baixo, segundo Vilhena. A elite brasileira, para o professor, tem a sensação de que está acima da lei, de que as outras pessoas são inferiores e tudo isso mostra uma crise no estado de direito. Ele lembra o episódio da morte do índio Pataxó em Brasilia, em um dos jovens acusados, ao ser perguntado porque colocaram fogo na vítima disse que ”Não sabia que se tratava de um índio”, como se isso justificasse o ato que praticaram..



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)