Cassilândia, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

17/02/2005 15:25

Entidades religiosas podem ficar isentas de INSS

Agência Câmara

Tramita, na Câmara, projeto de lei (PL 4704/04) que isenta as entidades religiosas do pagamento de contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) relativa a remunerações pagas por trabalhos realizados na construção de templos ou de sede social. Ficam isentos também os trabalhadores que participarem da construção. A proposta, do deputado Feu Rosa (PP-ES), tem o objetivo de reduzir as dificuldades enfrentadas pelas entidades religiosas nas comunidades pobres, onde, muitas vezes, os próprios fiéis ajudam financeiramente na construção do templo.
"Após a obra estar concluída ou já em fase avançada, a entidade religiosa com freqüência se vê surpreendida com a presença da fiscalização do INSS, que passa a exigir contribuições que seriam devidas, acrescidas de multas e outras penalidades. Os valores cobrados atingem cifras extremamente altas, e a entidade religiosa não tem condições de pagá-las", explica o autor. Feu Rosa acrescenta que essa situação destoa do princípio constitucional que estabeleceu a imunidade dos templos de qualquer culto.
A Seguridade Social é um conjunto de ações destinadas a assegurar o direito da população brasileira à Saúde, à Previdência e à Assistência Social. É financiada por toda a sociedade, pela União, pelos estados e pelos municípios.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 18 de Outubro de 2017
Terça, 17 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 16 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)