Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/02/2005 15:25

Entidades religiosas podem ficar isentas de INSS

Agência Câmara

Tramita, na Câmara, projeto de lei (PL 4704/04) que isenta as entidades religiosas do pagamento de contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) relativa a remunerações pagas por trabalhos realizados na construção de templos ou de sede social. Ficam isentos também os trabalhadores que participarem da construção. A proposta, do deputado Feu Rosa (PP-ES), tem o objetivo de reduzir as dificuldades enfrentadas pelas entidades religiosas nas comunidades pobres, onde, muitas vezes, os próprios fiéis ajudam financeiramente na construção do templo.
"Após a obra estar concluída ou já em fase avançada, a entidade religiosa com freqüência se vê surpreendida com a presença da fiscalização do INSS, que passa a exigir contribuições que seriam devidas, acrescidas de multas e outras penalidades. Os valores cobrados atingem cifras extremamente altas, e a entidade religiosa não tem condições de pagá-las", explica o autor. Feu Rosa acrescenta que essa situação destoa do princípio constitucional que estabeleceu a imunidade dos templos de qualquer culto.
A Seguridade Social é um conjunto de ações destinadas a assegurar o direito da população brasileira à Saúde, à Previdência e à Assistência Social. É financiada por toda a sociedade, pela União, pelos estados e pelos municípios.

Tramitação
O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)