Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/04/2011 17:30

Empresa propõe acordo a consumidores que se sentiram lesados no show de Luan

Campo Grande News/ Marta Ferreira

A JPL3 Produções, empresa responsável pelos shows realizados na Expogrande, propôs, nesta tarde, um acordo para solucionar as reclamações de consumidores que compravam convite da área vip da apresentação do cantor Luan Santana e se sentiram lesados em razão do tumulto ocorrido no início do espetáculo. De ontem para hoje, pelo menos 10 consumidores procuram o Procon exigindo a devolução dos valores por não terem conseguido assistir o show em área exclusiva, que teve a grade derrubada.

O superintendente do Procon, Lamartine Ribeiro, informou que a empresa ofereceu duas opções. A JPL3 se dispôs a devolver metade do valor do ingresso das pessoas que procurarem o órgão e compravarem ter comprado a pulseirinha para área vip ou garantir uma espécie de vale para sua próxima produção.

Por enquanto, o próximo evento que a empresa tem em vista é o rodeio 8 Segundos, em outubro.

De acordo com o superintendente do Procon, a empresa alegou que não tem como devolver o valor integral do ingresso dada a dificuldade de saber quem de fato não assistiu ao show.

Lamartine explicou que os consumidores têm até sexta-feira para procurar o órgão e reclamar. A queixa pode ser feita por telefone, no número 151, ou pessoalmente na sede do órgão.

Na próxima segunda-feira, já está marcada uma nova audiência, às 8h30, na sede do Procon, à qual todas a pessoas que registrarem reclamações devem comparecer, levando a pulseira da área vip para comprovar a compra.

O Procon fica na Rua 13 de junho, 930, quase na esquina Rua Maracaju.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)