Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/05/2016 08:15

Emplacamentos de veículos continuam em queda

Campo Grande News

 

A Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores divulgou ontem (03), durante coletiva de imprensa, o desempenho do setor automotivo no mês de abril e do acumulado de 2016.

Para o setor da distribuição de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros) o mês de abril apresentou queda de 9,32% em relação a março. Foram emplacadas 266.526 unidades em abril, contra 293.913 no mês anterior. Na comparaçãoentre os meses de abril 2016 e o mesmo mês de 2015 (338.813 unidades), o setor automotivo registrou retração de 21,34% este ano.

Já no acumulado do ano, houve queda de 22,52% para todos os setores somados. Nos primeiros quatro meses deste ano, foram emplacadas 1.064.521 unidades, contra 1.373.864 no mesmo período de 2015.

Os segmentos de automóveis e comerciais leves, somados, apresentaram queda de 9,06% em abril em relação ao mês anterior. Foram emplacadas 157.579 unidades, contra 173.270 em março de 2016. Se comparado com abril do ano passado (211.614 unidades), o resultado aponta queda de 25,53%. No acumulado do ano, esses segmentos caíram 27,62%. Foram comercializadas 622.620 unidades no quadrimestre 2016, contra 860.255 no mesmo período de 2015.

De acordo com o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o agravamento da crise política impacta diretamente na retração das vendas do setor automotivo. “A falta de uma visão clara de um futuro político e econômico faz com que os consumidores estejam mais contidos na realização de compra de bens e de investimentos, assim como os bancos estão mais cautelosos na oferta de crédito. Também as recentes notícias do aumento das taxas de juros sobre saldos devedores, somadas ao alto índice de desemprego, retardam o desejo de consumo da população. Esses e outros fatores resultaram na retração acumulada no primeiro quadrimestre deste ano”, argumenta.

Assumpção Júnior ressalta, ainda, que o menor número de dias úteis em abril também impactou o desempenho das vendas. “Em abril, tivemos três dias úteis a menos que o mês anterior, o que justifica a queda mais acentuada nos emplacamentos, pois, se considerados os dias úteis, as vendas diárias registraram uma pequena melhora, em torno de 5%, o que significam 668 unidades/dia emplacadas a mais que no mês de março”, analisa o presidente.

Projeções revisadas para 2016

Diante do atual cenário político e econômico nacional, a Fenabrave projeta quedas maiores que as inicialmente previstas nos emplacamentos de veículos para o ano de 2016. “O impasse político e os ajustes pendentes na economia mostram uma perspectiva mais negativa da que prevíamos no início deste ano, o que nos fez reavaliar as projeções para 2016”, pondera o Presidente da Fenabrave.

No novo estudo de projeções da entidade, os segmentos de automóveis e comerciais leves apontam queda de 20% em 2016.

Para caminhões, as perspectivas atuais são de redução de 23% nos emplacamentos de 2016 e, para implementos rodoviários, a queda pode chegar a 8,5%.
Para ônibus, a Fenabrave projeta retração de 21%.

O segmento de motocicletas deve permanecer com queda acumulada de 5% até dezembro.

A Fenabrave estima que todos os segmentos somados encerrem o ano de 2016 com queda de 15%.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)