Cassilândia, Quarta-feira, 29 de Março de 2017

Últimas Notícias

25/11/2008 15:09

Em São Paulo, 100 mil processos na Semana de Conciliação

No Estado de São Paulo, mais de 100 mil processos devem ser analisados,
desafogando o número de ações que aguardam julgamento

Os três maiores tribunais do Poder Judiciário brasileiro em número de
processos, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), o Tribunal
Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2) e o Tribunal de Justiça do
Estado São Paulo (TJ/SP), realizam a partir da próxima segunda-feira,
(1/12) a 3ª edição da Semana Nacional de Conciliação. O evento,
coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), só no Estado de São
Paulo, deve solucionar mais de cem mil processos e desafogar o volume de
feitos que aguardam julgamento na capital e nas Subseções do interior.


Para a presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região,
desembargadora federal Marli Ferreira a vantagem da Semana Nacional de
Conciliação, está na agilização dos processos. “Se as partes tivessem
que esperar para os processos serem julgados, demorariam anos sem que
puséssemos fim a esses feitos”, afirma. Para ela, a conciliação é um
projeto de paz social. “Na conciliação, as partes abrem mão de um
direito parcial para chegar a um acordo e, dessa forma, não temos
vencedores ou perdedores”.

Em 2008, irão entrar em pauta no Estado de São Paulo, aproximadamente,
20 mil processos da Justiça Federal de 1ª e 2ª Instâncias e dos Juizados
Especiais Federais, entre os quais, contratos habitacionais entre
mutuários e a Caixa Econômica Federal e questões relacionadas ao
Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), tais como benefício
assistencial (Loas), auxílio-doença e aposentadorias.

Na cidade de São Paulo, o mutirão irá acontecer no estádio municipal
Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, de 1º a 5 de dezembro. Lá,
estarão em pauta 5468 processos de 1º e 2º grau e dos Juizados
Especiais Federais. No mutirão serão realizadas audiências referentes a
1574 processos de 1º grau, 860 de 2º grau e 3034 dos Juizados Especiais
Federais.

Durante a Semana Nacional da Conciliação, a Justiça Federal da 3ª
Região vai levar diariamente cerca de 15 juízes e 60 servidores ao
estádio do Pacaembu para atender a população das 10 às 17 horas. A sede
dos trabalhos do TRT2 e da Justiça Federal da 3ª Região no estádio será
o ginásio do Pacaembu. Já o TJ/SP ocupará a parte de trás do estádio.

O TJ/SP colocará em pauta 21 mil casos. Do TRT/2 ª Região devem partir
60 mil para esta semana. O TRF/3 ª Região, que inclui os Estados de SP e
MS, buscará conciliação em 20 mil processos. Ao todo serão mais de cem
mil processos, somando-se os que serão levados ao Pacaembu e as
audiências que ocorrerão nos diversos fóruns de São Paulo.

A média de acordos que a Justiça Federal tem registrado nos mutirões de
audiências de conciliação para processos do Sistema Financeiro de
Habitação (SFH) e do FGTS, com a Caixa Econômica Federal, é de
cerca de 70%. Já na área previdenciária, o acordo varia entre 35 e 45%
dependendo da matéria.

Solenidade de Abertura

Em São Paulo, a solenidade de abertura da 3ª Semana Nacional de
Conciliação irá acontecer no Salão Nobre do Estádio do Pacaembu, no dia
1º de dezembro, às 12 horas. O salão fica na rua desembargador Paulo
Passaláqua, portão nº 14, São Paulo – Capital.

Assessoria de Comunicação - TRF3

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 29 de Março de 2017
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
06:10
Loterias
Segunda, 27 de Março de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)