Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/11/2008 15:09

Em São Paulo, 100 mil processos na Semana de Conciliação

No Estado de São Paulo, mais de 100 mil processos devem ser analisados,
desafogando o número de ações que aguardam julgamento

Os três maiores tribunais do Poder Judiciário brasileiro em número de
processos, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), o Tribunal
Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT2) e o Tribunal de Justiça do
Estado São Paulo (TJ/SP), realizam a partir da próxima segunda-feira,
(1/12) a 3ª edição da Semana Nacional de Conciliação. O evento,
coordenado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), só no Estado de São
Paulo, deve solucionar mais de cem mil processos e desafogar o volume de
feitos que aguardam julgamento na capital e nas Subseções do interior.


Para a presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região,
desembargadora federal Marli Ferreira a vantagem da Semana Nacional de
Conciliação, está na agilização dos processos. “Se as partes tivessem
que esperar para os processos serem julgados, demorariam anos sem que
puséssemos fim a esses feitos”, afirma. Para ela, a conciliação é um
projeto de paz social. “Na conciliação, as partes abrem mão de um
direito parcial para chegar a um acordo e, dessa forma, não temos
vencedores ou perdedores”.

Em 2008, irão entrar em pauta no Estado de São Paulo, aproximadamente,
20 mil processos da Justiça Federal de 1ª e 2ª Instâncias e dos Juizados
Especiais Federais, entre os quais, contratos habitacionais entre
mutuários e a Caixa Econômica Federal e questões relacionadas ao
Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), tais como benefício
assistencial (Loas), auxílio-doença e aposentadorias.

Na cidade de São Paulo, o mutirão irá acontecer no estádio municipal
Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, de 1º a 5 de dezembro. Lá,
estarão em pauta 5468 processos de 1º e 2º grau e dos Juizados
Especiais Federais. No mutirão serão realizadas audiências referentes a
1574 processos de 1º grau, 860 de 2º grau e 3034 dos Juizados Especiais
Federais.

Durante a Semana Nacional da Conciliação, a Justiça Federal da 3ª
Região vai levar diariamente cerca de 15 juízes e 60 servidores ao
estádio do Pacaembu para atender a população das 10 às 17 horas. A sede
dos trabalhos do TRT2 e da Justiça Federal da 3ª Região no estádio será
o ginásio do Pacaembu. Já o TJ/SP ocupará a parte de trás do estádio.

O TJ/SP colocará em pauta 21 mil casos. Do TRT/2 ª Região devem partir
60 mil para esta semana. O TRF/3 ª Região, que inclui os Estados de SP e
MS, buscará conciliação em 20 mil processos. Ao todo serão mais de cem
mil processos, somando-se os que serão levados ao Pacaembu e as
audiências que ocorrerão nos diversos fóruns de São Paulo.

A média de acordos que a Justiça Federal tem registrado nos mutirões de
audiências de conciliação para processos do Sistema Financeiro de
Habitação (SFH) e do FGTS, com a Caixa Econômica Federal, é de
cerca de 70%. Já na área previdenciária, o acordo varia entre 35 e 45%
dependendo da matéria.

Solenidade de Abertura

Em São Paulo, a solenidade de abertura da 3ª Semana Nacional de
Conciliação irá acontecer no Salão Nobre do Estádio do Pacaembu, no dia
1º de dezembro, às 12 horas. O salão fica na rua desembargador Paulo
Passaláqua, portão nº 14, São Paulo – Capital.

Assessoria de Comunicação - TRF3

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)