Cassilândia, Sábado, 18 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

18/08/2017 07:40

Em MS, 63,2% dos benefícios periciados pelo INSS foram cortados

Campo Grande News

Até o dia 4 deste mês, 1.460 beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) em Mato Grosso do Sul que passaram por perícia do PRBI (Programa de Revisão dos Benefícios por Incapacidade) tiveram seus benefícios cortados. O número corresponde a 63,2% do total de reavaliações feitas - 2.308.

Ao todo, desde 2016, 4.383 pessoas receberam cartas do INSS para passar pela reanálise previdenciária. Além dos 1.460 cortes após perícia, também houve 154 cortes por não comparecimento do beneficiário.

Com isso, foram somados 1.614 cortes ao todo em Mato Grosso do Sul, o que conforme estimativa do INSS, representará uma economia anual de R$ 13,4 milhões aos cofres do órgão federal.

Também houve casos de benefícios convertidos para outras modalidades, como a aposentadoria por invalidez - que aconteceu em 752 situações diferentes. Outros 12 tiveram o benefícios convertido em aposentadores com 25%.

Já entre os segurados encaminhados à reabilitação profissional, estão 62, enquanto 22 deles tiveram o benefício convertido em auxílio-acidente. Em todo o país, foram 210.649 perícias realizadas, sendo que em 80% (168.396) resultaram em corte do benefício. Em outros 20.304 casos houve corte por não comparecimento.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 17 de Novembro de 2017
19:49
Cassilândia
10:28
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Quinta, 16 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)