Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

11/04/2014 17:37

Em MS, 40,8% dos professores não dão aula na disciplina que se formaram

Campo Grande News

Em Mato Grosso do Sul, 40,8% dos professores do Ensino Médio não dão aula na disciplina que se formaram, aponta o Censo Escolar 2013, tabulado pela ONG Todos Pela Educação. A realidade vai na contramão das diretrizes curriculares, que estabelecem que cada disciplina deve ser ministrada por professores com licenciatura em área específica.

No Brasil, no entanto, a situação é ainda pior. Na média geral, mais da metade dos professores, ou seja, 51,7%, não atuam na disciplina em que se formaram. No Mato Grosso, a realidade é alarmante, apenas 18,1% dos docentes dão aula sobre o conteúdo que aprenderam na universidade.

Entre as regiões do país, o nordeste é a que falta mais professores licenciados nas áreas específicas. No total, 66% não são formados na disciplina em que atuam. No Centro-Oeste, o índice é de 60,5%. Na região Norte, o percentual é de 55%. As regiões Sul (41,9%) e Sudeste (42%) são as com as menores carências de profissionais.

A disciplina com maior deficiência é artes, em que apenas 14,9% dos professores são licenciados. Língua portuguesa é a matéria com mais docentes dentro da sala de aula que se formaram na área (73,2%). Em física, 80,8% dos professores não tem licenciatura na área; na disciplina de química, o índice é de 66,3%.

Ensino Fundamental – Ainda de acordo com o estudo da ONG Todos Pela Educação, a porcentagem de professores dos anos finais do Ensino Fundamental com licenciatura na área em que atuam é de 53,1%, em Mato Grosso do Sul, bem acima da média nacional de 32,8%.

No quesito Educação Básica, 92,4% dos docentes sul-mato-grossenses têm diploma de curso superior. A média nacional é de 78,1%. No Estado vizinho, Mato Grosso, o índice é de 85,9%. Neste caso, os dados são do Censo Escolar de 2012.

Deficiências - Em março, uma auditoria do TCE (Tribunal de Contas da União), feita em parceria com tribunais de Contas dos Estados, indicou a carência de 32 mil professores com formação específica nas 12 disciplinas obrigatórias do nível médio.

Em outubro do ano passado, uma pesquisa internacional mostrou que, entre 21 países, o Brasil fica em penúltimo lugar em relação ao respeito e à valorização dos seus professores. A formação e a valorização deles é uma das metas do PNE (Plano Nacional de Educação), que está em discussão na Câmara dos Deputados e deve ser votado no dia 22 de abril.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)