Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/11/2013 15:22

Em MS, 21 prefeituras devem se inscrever até sábado para ter verba do Fundeb

Campo Grande News

Dos 74 municípios de Mato Grosso do Sul que disponibilizam creches públicas, 21 ainda não encaminharam ao Ministério da Educação os dados necessários para que crianças matriculadas recebam a suplementação do Bolsa Família. As prefeituras têm até o dia 30 para regularizar a situação e não perder o benefício.

Estas crianças, de 0 a 48 meses, são beneficiárias do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e têm direto à suplementação de 50% sobre os valores pagos pela Bolsa Família.

O benefício extra é pago pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e pode ser usado para viabilizar os custeios com a educação infantil previstos no Fundeb, bem como em despesas com alimentação e cuidados pessoais dos pequenos. Os repasses são anuais e devem ser investidos nas creches.

Para fazer o cadastro, o prefeito deve preencher o número de alunos do Bolsa Família no Simec (Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle). “É muito importante que, após o preenchimento, o gestor envie os dados para análise do MEC”, lembra o gerente de projetos do MDS, Rafael Mafra. Após o cadastro, o MEC faz a análise da solicitação, comparando as informações com as do Censo Escolar do ano passado, para que os valores sejam liberados.

Até o momento, 53 prefeituras do estado informaram as matrículas no sistema do MEC. Em todo o Centro-Oeste, 244 municípios já pediram os valores da suplementação, que podem ser Em 2012, R$ 209 milhões foram repassados para atender a mais de 378 mil crianças do Bolsa Família que estudam em 22.838 creches de todo o país. Mafra destaca que o objetivo é reforçar a oferta de vagas em educação infantil para as famílias de baixa renda. “Os investimentos incentivam os gestores a ampliar o número de vagas em creches para as crianças beneficiárias do Bolsa Família", acrescenta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)