Cassilândia, Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020

Últimas Notícias

24/01/2020 07:23

Em menos de 24 horas polícia elucida o caso do cruel assassinato de menor

Jovem Sul News
Em menos de 24 horas polícia elucida o caso do cruel assassinato de menor

No final da manhã de ontem, menos de 24 horas após encontrado o corpo da menor Ingred Lopes Ribeiro, a Polícia Civil de Chapadão do Sul, no comando do Delegado Dr. Felipe Machado Potter elucidou o caso.

Ingred foi morta com requinte de terror e crueldade, principalmente por tratar-se de uma pré-adolescente, com apenas 13 anos de idade.

Ainda anteontem, durante a noite, logo após que o corpo foi encontrado, enterrado ao lado de uma residência, na rua Perdizes, no Bairro Esplanada III, a Polícia Civil conseguiu prender a proprietária do imóvel, que confessou naquele momento, ter ajudado a ocultar o corpo e lavar o sangue da casa.

Na manhã de ontem (23), um menor, com 15 anos de idade esteve na Delegacia de Polícia, acompanhado da mãe e confessou a sua participação no crime, e ainda, relatou muito mais detalhes do ocorrido, se comparado ao depoimento da proprietária do imóvel.

O menor disse que desferiu facadas em Ingred e a mulher do imóvel desferiu golpes de machado na cabeça da garota. Ainda, segundo o garoto, o corpo ficou no interior da casa por quatro dias, só então resolveram enterrá-lo ao lado de dois conjuntos de construção da mesma casa.

Os autores teriam encoberto a cabeça da garota com sacos plásticos para evitar mais sangue na casa e amarraram as mãos e os pés após a morte. O motivo do crime pode estar relacionado à desacertos do submundo das drogas.

Após a perícia no local, o corpo foi encaminhado ao IML de Parnaíba, onde foi recolhido material genético para exames de DNA, que será comparado à mulher que se apresenta como mãe de Ingred.

Este crime chocou a cidade e a região de Chapadão do Sul, repercutindo até em outros estados, diante da crueldade com uma pré-adolescente.

O Delegado disse que vai representar junto ao Judiciário pela internação do garoto que confessou o crime, concluir o inquérito, com a mulher presa na Delegacia e o encaminhar para o Judiciário, segundo informação do Jovem Sul News.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 21 de Fevereiro de 2020
Quinta, 20 de Fevereiro de 2020
Quarta, 19 de Fevereiro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)