Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/02/2004 07:24

Eleitor vai saber o gasto dos candidatos nas eleições

Agência Brasil

Nas eleições municipais de outubro próximo o eleitor poderá acompanhar, através da internet, as doações feitas aos candidatos e a prestação de serviços contratada por eles.
"O candidato que quiser adotar uma postura mais ética e tornar sua campanha mais transparente terá condições de fazê-lo. Esse pode ser um diferencial que dará maior segurança aos eleitores na escolha do seu candidato", analisou o ministro Fernando Neves, relator das instruções que vão regulamentar as eleições.

De acordo com o ministro, hoje a lei exige que a prestação de contas seja apresentada após as eleições. E agora, o candidato terá a oportunidade de transmitir ao seu eleitor a forma pela qual a sua campanha está sendo financiada, e de que forma os recursos estão sendo aplicados.

A medida faz parte da instrução de Prestação de Contas que será divulgada no fim do mês pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Neves ressaltou que a norma não é obrigatória, mas é uma possibilidade de o candidato tornar o processo mais transparente, e para isso o Tribunal está oferecendo os meios.

As informações poderão ser apresentadas ao juiz eleitoral pelo próprio candidato, os doadores ou pelas pessoas prestadoras de serviço.

Basta para isso comprovar a autenticidade dos dados. Depois de comprovadas, as informações serão incluídas na página da internet do TRE.

Na opinião de Fernando Neves, mesmo não sendo obrigatório o fornecimento de informações, os eleitores devem levar em consideração o fato do candidato tornar público a fonte de onde vem o dinheiro que financia sua campanha.

A secretaria de Informática do TSE já está desenvolvendo o dispositivo para a inclusão do serviço na rede. Acessando o site do TRE, o eleitor deverá procurar o ícone de prestação de contas e depois selecionar o candidato e o município correspondente.

O ministro considerou que a idéia da medida não é identificar irregularidades, mas sim tornar transparente o financiamento das campanhas eleitorais.

Mas se for necessário a informação poderá ser de grande utilidade. "Se uma pessoa registrar que fez uma doação para um candidato e ele não incluí-la na sua prestação de contas - é uma irregularidade que foi detectada", analisou Fernando Neves

As informações são do site do TSE.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)