Cassilândia, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

05/07/2010 20:29

Eleição em MS terá 352 candidatos a deputado

Jorge Almoas e Paulo Fernandes, Campo Grande News

A disputa para as vagas na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados terá 352 nomes à disposição dos eleitores para o pleito de outubro próximo. A coligação do governador André Puccinelli (PMDB) é a que terá mais nomes, sendo 196 entre estadual e federal, e o PSOL levará somente 16 candidatos para as urnas.

A chapa do governador André Puccinelli formada por 16 partidos terá 151 candidatos a deputado estadual e 45 disputando uma das oito vagas na Câmara Federal. Cada candidato do PMDB a deputado federal terá teto de gasto de R$ 2 milhões. Já os candidatos da sigla à Assembleia Legislativa poderão utilizar até R$ 1,5 milhão na campanha.

A coligação é formada por 14 partidos: PMDB, PSDB, DEM, PR, PT do B, PRTB, PPS, PRB, PHS, PMN, PTC, PTN, PTB e PSB. Das siglas que compõem o grupo, apenas o PR divulgou quais os tetos para cada candidato a federal (R$ 3 milhões) e estadual (R$ 1,5 milhão).

Para a campanha de reeleição de Puccinelli, o gasto será de até R$ 20 milhões. O PMDB estabeleceu em R$ 7 milhões o teto de gasto para eleger o atual deputado federal Waldemir Moka como senador da República.

A chapa encabeçada pelo ex-governador Zeca do PT levará 116 candidatos para a disputa a deputado estadual. Para a Câmara Federal, a coligação terá 24 candidatos. Cada candidato a deputado federal terá teto de R$ 3 milhões para a campanha e para eleger Zeca novamente governador, o gasto máximo pode ser de R$ 16 milhões.

A campanha para manter Delícidio do Amaral no Senado tem teto de R$ 6 milhões. A coligação é composta por nove partidos: PT, PDT, PV, PP, PSL, PSDC, PRP, PC do B e PSC.

O PSOL, que lançou o nome de Ney Braga para governador do Estado, pretende investir até R$ 250 mil na campanha para o governo, com teto de R$ 250 mil para os dois candidatos ao Senado, Jorge Batista e Professor Washington.

A sigla registrou a candidatura de quatro candidatos a deputado federal e 12 para a Assembleia Legislativa. A soma dos tetos para os candidatos a Câmara chega a R$ 250 mil. No caso dos nomes para deputado estadual o teto total soma R$ 1 milhão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 19 de Janeiro de 2017
Quarta, 18 de Janeiro de 2017
21:49
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Terça, 17 de Janeiro de 2017
23:53
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)