Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/07/2010 20:29

Eleição em MS terá 352 candidatos a deputado

Jorge Almoas e Paulo Fernandes, Campo Grande News

A disputa para as vagas na Assembleia Legislativa e Câmara dos Deputados terá 352 nomes à disposição dos eleitores para o pleito de outubro próximo. A coligação do governador André Puccinelli (PMDB) é a que terá mais nomes, sendo 196 entre estadual e federal, e o PSOL levará somente 16 candidatos para as urnas.

A chapa do governador André Puccinelli formada por 16 partidos terá 151 candidatos a deputado estadual e 45 disputando uma das oito vagas na Câmara Federal. Cada candidato do PMDB a deputado federal terá teto de gasto de R$ 2 milhões. Já os candidatos da sigla à Assembleia Legislativa poderão utilizar até R$ 1,5 milhão na campanha.

A coligação é formada por 14 partidos: PMDB, PSDB, DEM, PR, PT do B, PRTB, PPS, PRB, PHS, PMN, PTC, PTN, PTB e PSB. Das siglas que compõem o grupo, apenas o PR divulgou quais os tetos para cada candidato a federal (R$ 3 milhões) e estadual (R$ 1,5 milhão).

Para a campanha de reeleição de Puccinelli, o gasto será de até R$ 20 milhões. O PMDB estabeleceu em R$ 7 milhões o teto de gasto para eleger o atual deputado federal Waldemir Moka como senador da República.

A chapa encabeçada pelo ex-governador Zeca do PT levará 116 candidatos para a disputa a deputado estadual. Para a Câmara Federal, a coligação terá 24 candidatos. Cada candidato a deputado federal terá teto de R$ 3 milhões para a campanha e para eleger Zeca novamente governador, o gasto máximo pode ser de R$ 16 milhões.

A campanha para manter Delícidio do Amaral no Senado tem teto de R$ 6 milhões. A coligação é composta por nove partidos: PT, PDT, PV, PP, PSL, PSDC, PRP, PC do B e PSC.

O PSOL, que lançou o nome de Ney Braga para governador do Estado, pretende investir até R$ 250 mil na campanha para o governo, com teto de R$ 250 mil para os dois candidatos ao Senado, Jorge Batista e Professor Washington.

A sigla registrou a candidatura de quatro candidatos a deputado federal e 12 para a Assembleia Legislativa. A soma dos tetos para os candidatos a Câmara chega a R$ 250 mil. No caso dos nomes para deputado estadual o teto total soma R$ 1 milhão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)