Cassilândia, Quarta-feira, 12 de Agosto de 2020

Últimas Notícias

01/08/2020 09:20

Dupla é presa e admite ter descarrilhado trens por vingança em Chapadão do Sul

Um dos presos é funcionário da empresa Rumo, dona dos vagões, e o outro já prestou serviços de transporte para a companhia

Campo Grande News
Investigadores da Polícia Civil durante as buscas pela cidade. (Foto: Polícia Civil) Investigadores da Polícia Civil durante as buscas pela cidade. (Foto: Polícia Civil)

A Policia Civil prendeu na tarde desta sexta-feira (31) em Chapadão do Sul - cidade a 321 quilômetros de Campo Grande -, dois suspeitos de causar o descarrilamento de dez vagões da concessionária Rumo no começo de junho. Um dos presos é funcionário da empresa e o outro já prestou serviços de transporte para a companhia.

Em depoimento na delegacia de polícia de Chapadão do Sul eles admitiram ter agido por vingança. O motivo não foi divulgado pela Polícia Civil. A peça de ferro construída para descarrilar os trens também foi apreendida.

Outros cinco mandados de busca e apreensão também foram cumpridos pelos investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Polícia Civil, na cidade.

A operação desencadeada faz parte de investigações que apontaram a autoria dos de crimes de sabotagem cometidos na linha férrea entre as cidades de Cassilândia, Chapadão do Sul e Costa Rica, nas quais três composições foram descarriladas causando prejuízos milionários.

A Polícia Civil apontou que os crimes foram cometidos por pelo menos quatro pessoas, que utilizaram ferramentas pesadas e até uma peça feita sob encomenda para descarrilar os trens. Os outros suspeitos, no entanto, ainda não foram identificados.

A força-tarefa desta sexta-feira (31) contou com a participação de policiais das delegacias de Polícia Civil de Chapadão do Sul, apoiada por policiais civis das Delegacias de Paranaíba, Cassilândia e Costa Rica.

Descarrilhamentos - O casos ocorreu ocorreu na madrugada do último dia 06 de junho, quando dez vagões de trem descarrilaram durante madrugada, no km (quilômetro) 240 da linha férrea Ferronorte.

Um deles, que transportava algodão, estava em chamas. A locomotiva também carregava cerca de 10 mil litros de óleo diesel, mas que por sorte, não foram atingidos pelo fogo.

Outros três acidentes já havia acontecido no mesmo trecho, em Chapadão do Sul, cerca de 30 dias antes. Em todos, não houve registro de vítimas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 12 de Agosto de 2020
10:00
Receita do Dia
Terça, 11 de Agosto de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)