Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

17/03/2016 17:00

Dor nas costas afeta 36% da população brasileira

Portal Educação Física

 

Um estudo divulgado em 2010 pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) mostrou que a dorsalgia, que é a denominação dada para dor na região torácica, afeta 36% dos brasileiros de forma crônica.

Ficar sentado o dia todo e inclinado em direção à tela do computador é uma as principais causas de dor nas costas.

O fisioterapeuta e diretor regional da Associação Brasileira de Reabilitação de Coluna (ABRColuna) Giuliano Martins, comenta que todo e qualquer posto de trabalho deve estar adaptado ao biótipo do trabalhador. “O fato de ficar sentado o dia todo, pode gerar grande sobrecarga na coluna lombar e com o passar do tempo às dores podem aparecer como lesões”, afirma.

Ele diz ainda que o fato de ficar inclinado em direção à tela do computador pode gerar dor, como um aumento da curvatura torácica, além de retificação da curvatura carvical (pescoço) e lesões do tipo artroses, osteófitos (bicos de papagaio) e degenerações discais.

Para isso, o fisioterapeuta conta que a melhor postura para estas situações é alinhar a parte superior do monitor, aos olhos do operador. As cadeiras devem ser confortáveis, ter apoio para os braços e regulagem de altura. Outra dica é levantar a cada 60 ou 90 minutos, para assim evitar uma sobrecarga lombar e futuramente dores e lesões.

Tratamento

Para quem sofre de dor nas costas a alternativa é fazer atividades físicas, sob orientação de um profissional de saúde.

“Antes de qualquer exercício, o importante é o paciente realizar uma avaliação clínica, com um fisioterapeuta especialista em coluna vertebral e descobrir a causa das suas dores antes de praticar qualquer exercício. Depois de identificar a causa das dores, eu recomendo a pratica do pilates clínico”, aconselha.

Martins acrescenta que o pilates é a melhor atividade para os portadores de patologias de coluna vertebral, porém não é um método de tratamento, mas, sim um fortalecimento. Além desta modalidade, a natação e musculação podem ajudar a melhorar as dores.

“Toda dor tem uma origem e uma causa. Elas sempre devem ser diagnosticadas. Algumas devem ser tratadas com fisioterapia, com manipulação vertebral, com fortalecimento específico ou exercícios”, diz. Ele completa que existem exercícios que podem agravar a situação, como um alongamento de musculatura de membros inferiores, para quem tem dor ciática nas pernas. Por isso é preciso ter cuidado com os exercícios.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)