Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

07/09/2005 09:21

Dia Mundial da Doença de Alzheimer será lembrado

Ana Paula Lieb

Há dez anos, no dia 21 de setembro, pessoas do mundo inteiro participam de atividades que vão de caminhadas a ciclo de palestras, para celebrar o Dia Mundial da doença de Alzheimer. Da Austrália ao Zimbábue, pessoas se unem para mostrar sua solidariedade global. Como o número de pessoas com a doença tende a dobrar nos próximos vinte anos, é necessário um trabalho conjunto para despertar a conscientização sobre a demência e como ela afeta a vida das pessoas.

O Dia Mundial da Doença de Alzheimer foi instituído pela OMS -Organização Mundial da Saúde e pela ADI - Associação Internacional de Alzheimer, que completa vinte e um anos de trabalho na difusão de informações sobre a doença e na conscientização da sociedade e das famílias sobre esta enfermidade, nos 69 países onde é representada.

No Brasil, quem reforça o trabalho de apoio e esclarecimento sobre a doença de Alzheimer é a ABRAz – Associação Brasileira de Alzheimer – (www.abraz.org.br), representada por todo o País pelas suas 20 regionais e 46 sub-regionais distribuídas pelo interior das capitais. Este ano a ABRAz está organizando caminhadas, concurso de arte, ciclo de palestras, peças teatrais, além da distribuição de material de divulgação por todo o País. O slogan da campanha é (Nós podemos fazer a diferença). O objetivo é informar as pessoas sobre a importância de se detectar, o quanto antes, os principais sintomas que podem afetar os idosos, estimulando a busca de diagnóstico médico e tratamento.

Senador Tião Viana propõe que 21 de setembro seja considerado o Dia Nacional de Conscientização da doença de Alzheimer

O senador Tião Viana apresentou Projeto de Lei do Senado (PLS) nº 255 de 2005 que estabelece que o dia 21 de setembro seja considerado o Dia Nacional de Conscientização da Doença de Alzheimer. O projeto está tramitando na Comissão de Educação em decisão terminativa, significando isto que, em caso de aprovação, o projeto passa a vigorar imediatamente sem necessidade de ser votado em plenário. O projeto, segundo seu autor, tem o objetivo de conscientizar a população brasileira sobre a importância da participação de familiares e amigos nos cuidados dispensados aos portadores da doença.

Segundo dados da ABRAz há hoje cerca de 3 milhões e 300 mil idosos no Estado de São Paulo. Desse total, aproximadamente 236 mil são portadores da doença de Alzheimer, sendo que a grande maioria concentra-se na capital, onde há apenas três hospitais credenciados pelo SUS para oferecer tratamento e medicação gratuita. A estimativa é de que nos próximos quatro anos o número de portadores aumente em aproximadamente 25%.

Já se completou três anos e cinco meses da assinatura da Portaria de No. 702 e 703 do Ministério da Saúde, que assegurou à população de 1,2 milhões de portadores da doença de Alzheimer e problemas cognitivos o direito a tratamento e medicação gratuitos, e o cenário continua lamentável em todo o País. Segundo a ABRAz, nem 2% desse universo de pacientes são atendidos pelo Sistema Único de Saúde. De acordo com a portaria, os portadores da doença, depois de diagnosticados pelos médicos credenciados pelo SUS, devem receber na rede pública os medicamentos aprovados para o tratamento.


A Doença
Atualmente, cerca de 18 milhões de pessoas sofrem de algum tipo de demência e estima-se que daqui a 20 anos este número aumente para 34 milhões, sendo que grande parte deste número estará concentrada em países em desenvolvimento, como o Brasil.

Alzheimer é uma doença degenerativa que afeta o cérebro, causando comprometimento da memória, do pensamento e do comportamento. Afeta preferencialmente pessoas acima de 60 anos e vai dobrando a cada cinco anos, até atingir 30 a 40% aos 85 anos de idade.

No Brasil, a enfermidade, atinge cerca de 1,2 milhões de pessoas e se caracteriza pela morte progressiva das células nervosas do cérebro, os neurônios. Estima-se que 5% das pessoas acima de 60 anos venham a desenvolver a doença, sendo que essa porcentagem vai aumentando progressivamente a partir dos 70 anos. Segundo dados do IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a população brasileira nesta faixa etária soma cerca de 17 milhões de pessoas.

Fique sabendo

A Associação Brasileira de Alzheimer – ABRAz é uma entidade formada por profissionais da área da saúde e familiares de portadores da Doença de Alzheimer. Seu objetivo é transmitir informações sobre diagnóstico e tratamento da doença e também orientar sobre os aspectos cotidianos do acompanhamento do portador. A ABRAz promove reuniões mensais informativas, organiza grupos de apoio, oferece atendimento pessoal à família e produz material informativo. Informações pelo telefone: 0800-55-1906 ou pelo site: www.abraz.org.br

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)