Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

23/04/2008 15:50

Detran desiste de exigir 70% de aprovação em testes

Marta Ferreira - Campo Grande News

Portaria divulgada hoje pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Mato Grosso do Sul fixa em 60% o índice mínimo de aprovação nos testes prático e teórico para alunos dos centros de formação de condutores em Mato Grosso do Sul. A medida muda uma regra anterior, que havia sido estabelecida em novembro, prevendo que, a partir do próximo mês, esse índice seria de 70%. Os centros que não atingirem a meta são ameaçados até de descredenciamento, numa tentativa do Departamento de melhorar os índices de aprovação dos candidatos a motorista habilitado, que não chegavam à metade dos que faziam as provas.

Desde que a portaria foi editada em novembro, o Detran já advertiu a maior parte das escolas, e 26 delas estão sob o risco de ficarem impedidas, por dez dias, de matricular novos alunos. No Estado, existem 219 auto-escolas e pelo menos 160 foram repreendidas por não terem alcançado as notas mínimas estabelecidas pelo Detran. Além da aprovação mínima nos testes práticos e teóricos de 60% também ficou definido que a ausência pode chegar a no máximo dez por cento dos alunos nos exames marcados.

O presidente do Sindicato dos Centros de Formação de Condutores de Mato Grosso do Sul, Valdir Ferreira de Almeida, informou ao Campo Grande News que a publicação da portaria de hoje atende a um acordo feito com a direção técnica do Detran, cerca de duas semanas atrás. Segundo ele, está muito difícil para as empresas do setor chegar ao índice de 60% e atingir 70% seria impossível, o que poderia provocar o fechamento de muitas dos centros de formação.

A portaria de hoje também explica mais detalhadamente a regra de punição às empresa que não atingirem os índices, divulgados a cada mês. Conforme as regrasm as auto-escolas que não atingirem a meta e forem advertidas três vezes seguidas são suspensas por dez dias. Nesse período só podem realizar os exames já marcados. Quando voltam a funcionar, se não conseguiram novamente atingir os índices estabelecidos, podem até ser descredenciadas, mas antes disso serão antes suspensas por 20 dias, e 30 dias. A reincidência pela quarta vez pode levar ao descredenciamento.

Motivo - Quando criou esse sistema, o Detran justificou que o estava fazendo por conta do alto índice de reprovação e de reclamações por parte dos candidatos em relação aos centros, além dos números crescentes de acidente no trânsito, que denotam má preparação dos motoristas.

A portaria de novembro de 2007 afirma ainda que cabe às antigas auto-escolas verificar se o candidato à CNH consegue ler, escrever e interpretar o que lê e, no caso de constatação das dificuldades nesse aspecto, os centros deverão tomar as devidas providências para solucionar a situação em questão, antes do cadastramento do candidato. O próprio Detran oferece curso de alfabetização para interessados em tirar a carteira.

Por mês, o órgão faz dez mil exames práticos para obtenção da carteira. Muitas vezes, são exames de candidatos que reprovaram em ocasiões anteriores.

A portaria divulgada hoje deve sair novamente amanhã, por conta de um erro na redação, que dá margem à interpretações erradas, segundo explicou a assessoria de imprensa do Detran.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Domingo, 19 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Sábado, 18 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)