Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

09/03/2013 16:00

Desembargador acata pedido do MP e suspende concurso para Delegado de Polícia

MPE/MS
Desembargador acata pedido do MP e suspende concurso para Delegado de Polícia

Nesta sexta-feira (8), o relator Desembargador, Fernando Mauro Moreira Marinho, acatou o pedido de antecipação de tutela em sede de agravo de instrumento interposto pelo Ministério Público de Mato Grosso do Sul e determinou que o Estado de Mato Grosso do Sul se abstenha de realizar qualquer fase do concurso para Delegado de Polícia sob pena de multa.

O Juiz da Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos negou a antecipação da tutela na Ação Civil Pública ajuizada pela Promotora de Justiça, Cristiane B. Nogueira Rizkallah, da 44ª Promotoria de Justiça, com o intuito de garantir reserva de vagas para pessoas com deficiência, e eliminar o limite de 45 anos de idade para inscrição no concurso.

O magistrado fundamentou que o desempenho do cargo exige plenitude das funções físicas e juventude, e que nos autos não constam reclamações de pessoas com deficiência ou idade superior à exigida no edital, que tenham se sentido prejudicadas pelo Edital.

No entanto, a 44ª Promotoria de Justiça interpôs o Agravo de Instrumento n. 4002149-37.2013.8.12.0000, uma vez que a ação coletiva tem por fim defender o direito de pessoas incertas e o Ministério Público representa essas pessoas, sem necessidade de juntar as reclamações nos autos e expor essas pessoas individualmente, embora elas tenham solicitado a intervenção do Ministério Público, e a decisão é contrária à Constituição, à legislação federal e à jurisprudência do Supremo Tribunal Federal, que já suspendeu o concurso da Polícia Federal por falta de reserva de vagas, e, não há motivos para o concurso da Polícia Civil do Estado de Mato Grosso do Sul ser tratado diferentemente do concurso da Polícia Federal.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)