Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/09/2004 14:25

Deputado pede que PFL expulse Antônio Carlos Magalhães

Ellis Regina/ABr

Brasília - O deputado Onyx Lorenzoni (PFL-RS) apresentou hoje ao presidente do PFL, Jorge Bornhausen (SC), petição pedindo a expulsão do senador Antônio Carlos Magalhães (BA) do partido. O parlamentar alega que ACM foi o coordenador de um "processo de cooptação política" promovido pelo governo durante jantar realizado ontem na casa do ministro-chefe da Casa Civil, José Dirceu, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de parlamentares do PFL. “O encontro de ontem só ocorreu devido à intervenção de ACM. O governo é arrogante e não vai destruir o partido que é depositário da confiança do povo”, afirmou o deputado.

O senador Jorge Bornhausen deve nomear um relator para processo e o senador Antônio Carlos Magalhães será intimado a fazer sua defesa, que deverá ser apresentada em até 8 dias. O resultado do processo será examinado pela Executiva Nacional do PFL.

A petição foi apresentada a Bornhausen durante uma entrevista coletiva convocada por ele para falar do posicionamento oficial do partido em relação ao jantar. Bornhausen disse que o encontro retrata uma “lastimável realidade da política brasileira com um ato explícito de cooptação partidária” praticada, na sua avaliação, com a adesão de ACM, o que contraria a resolução do partido de fazer oposição ao governo Lula.

“Estamos às vésperas das eleições, evidentemente a intenção do jantar foi prejudicar o discurso dos nossos candidatos”, declarou Bornhausen. “Não acho que haja uma racha no partido. O nosso caminho é um só, o de oposição”, enfatizou.

O clima de disputa entre os parlamentares do PFL deve interferir nas votações do plenário. O líder do partido, José Agripino (RN), sinalizou que deve usar todas as manobras regimentais para obstruir as votações. “Conforme a tradição e o regimento, teremos três sessões para buscar consenso em torno da medida provisória que está na pauta”, disse. “Temos razões para olharmos com lupa para todas as medidas provisórias”.

A medida provisória que prevê isenções de impostos a cientistas que importarem equipamentos de pesquisa está obstruindo as votações no plenário do Senado. Qualquer outra proposta só poderá ser apreciada depois da votação da MP.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)