Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

09/11/2005 08:23

Deputado está preocupado com a doença do carrapato

Durante a sessão de ontem (08) na Assembléia Legislativa, o deputado estadual Maurício Picarelli (PTB) apresentou requerimento cobrando ações dos órgãos públicos contra a febre maculosa. Segundo o parlamentar a situação é preocupante já que a doença, que é causada pelo carrapato estrela, presente em capivaras, causou a morte de quatro pessoas no Rio de Janeiro e de três crianças em São Paulo.

A solicitação de Picarelli é a fiscalização da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema), à Secretaria Estadual de Saúde (SES) e ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama). Ele pede a esses órgãos que verifiquem se o carrapato estrela, existente em Campo Grande e outros municípios, estão contaminados pelo vírus da febre maculosa.

Para o deputado, a iniciativa se deu porque existe grande quantidade de capivaras em Campo Grande, como o Parque das Nações Indígenas e Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Nos dois locais, a população faz visitação pública e está sujeita ao risco de entrar em contato com o carrapato. Picarelli está cobrando a fiscalização e medidas de prevenção caso seja encontrado o vírus da febre maculosa. “Precisamos realizar uma ação conjunta entre Ibama e Secretaria de Saúde para que façam o controle do carrapato nos roedores, como o que tem ocorrido em parques cariocas, com a coleta de sangue dos animais” explica o deputado.

Glaucia Jandre

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)