Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/01/2006 07:54

Depoimento de Marcus Valerius adiado

Agência Senado

O sub-relator de Contratos da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPI) dos Correios, deputado José Eduardo Cardozo (PT-SP), remarcou os depoimentos de dois depoentes que faltaram à audiência desta terça-feira (3). Entre elas a oitiva do advogado Marcus Valerius Pinto Pinheiro de Macedo, que justificou sua ausência afirmando que não recebeu a tempo o convite da CPI. Ele será ouvido no dia 17 (terça-feira), às14h.

Valerius foi citado pelo segurança Francisco Marques Carioca, da corretora Cortez Câmbio e Turismo, como a pessoa a quem teria entregue cerca de R$ 1 milhão sacado de conta da Skymaster. Carioca, que também deporia pela segunda vez, deixou de comparecer por saber que, conforme seu advogado, Valerius também não estaria presente. Seu retorno se destinava ao reconhecimento do receptor do dinheiro que havia sacado.

Cardozo considerou a atitude do motorista um desrespeito à comissão e pediu que o depoente seja trazido à CPI de forma coercitiva, conduzido pela polícia, caso deixe comparecer na nova data indicada, também no dia 17. Para ele, a atitude do motorista indicou "conluio" entre os depoentes, na medida em que ele próprio, até o início da manhã, desconhecia a decisão de Valerius em não vir depor.

Outro depoente, Carlos Alberto Taveira Cortez, sócio-administrador da Cortez, tentou sem sucesso adiar seu depoimento. Ele justificou que estava impossibilitado de se ausentar de Manaus, por determinação judicial decorrente de processo a que está respondendo. Cardozo, no entanto, informou que havia obtido a referida autorização, mesmo ela não sendo necessária. O Supremo Tribunal Federal (STF) já havia rejeitado pedido nesse sentido requerido por Cortez. Apenas concedeu habeas corpus para que ele deixasse de responder a perguntas que pudessem incriminá-lo. A Cortez operava como corretora para a Skymaster, em Manaus.

Gorette Brandão / Repórter da Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)