Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

23/02/2010 16:28

Dengue mata jovem na véspera de ingressar no Exército

Edivaldo Bitencourt, Campo Grande News

A dengue hemorrágica matou o jovem Hebert da Silva Neto, 18 anos, na véspera dele realizar o grande sonho de se apresentar para prestar o serviço militar obrigatório. Ele deveria ter se apresentado ontem no quartel de Jardim, mas faleceu no sábado, após ficar quatro dias internado no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul Rosa Pedrossian, em Campo Grande.

Para a dona de casa Iria da Silva, 66, é uma dor sem fim perder o único “filho”, como ela considerava o sobrinho, o qual criou desde pequeno. Os pais residem no interior de São Paulo. “As autoridades devem tomar atitude para evitar dor para outras famílias, não tem explicação”, afirmou o seu pai, o cobrador de água Heverton Valério da Silva, 40, que foi a Jardim para acompanhar o velório e o sepultamento do filho.

Segundo Iria, o jovem apresentou os sintomas da doença na segunda-feira de Carnaval. Ele passou mal na madrugada de Terça-Feira de Carnaval, quando foi internado no hospital de Jardim.

Devido à gravidade do caso, os médicos determinaram a transferência imediata para o HR na Quarta-Feira de Cinzas. A sua tia-mãe conta que ele ficou no corredor até ser transferido para o CTI (Centro de Terapia Intesiva), onde permaneceu internado até às 21h30 de sábado, quando faleceu.

O atestado de óbito aponta insuficiência respiratória, choque séptico e dengue hemorrágica. O sepultamento do jovem aconteceu domingo em Jardim. “Ele ia se apresentar no quartel ontem para pegar a farda”, lamentou Iria.

Responsável – A dona de casa contou que sempre tomou todos os cuidados para evitar a dengue. “O meu quintal é limpo”, comentou, abalada pela morte do “filho”.

Ela acredita que um barracão atrás de sua residência, que vive fechado, pode estar com os focos do mosquito transmissor da doença. Iria da Silva afirmou que a agente de saúde do bairro deveria zelar pela limpeza do bairro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)