Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/04/2004 09:21

Delcídio pede adiamento da votação da MP da Casa Civil

Agência Senado

O relator da medida provisória que trata do desmembramento da Casa Civil da Presidência da República, senador Delcidio Amaral (PT-MS), requereu na noite de ontem (13) o adiamento por 24 horas da votação da matéria. O projeto de conversão da MP recebeu destaque para votação em separado e o senador entendeu que a discussão poderia se alongar, após três horas de discussão. Aprovado o requerimento, a sessão foi encerrada.

O Plenário do Senado discutiu o mérito do projeto de lei de conversão elaborado sobre a Medida Provisória 20/2004, que possibilitou o desmembramento da Casa Civil da Presidência da República. Segundo a senadora Heloísa Helena (AL) a MP é “uma subversão do princípio de mérito”, uma vez que ela cria cerca de 2,8 mil cargos de direção de assessoramento de nível superior para acomodar “apaniguados do partido do governo sem priorizar a competência profissional”.

Heloísa lembrou que o governo Fernando Henrique Cardoso e outros governos passados fizeram o mesmo para beneficiar seus afilhados políticos e lamentou que o país continue refém de desmandos políticos. Os senadores José Jorge (PFL-PE) e Antero Paes de Barros (PSDB-MT) também protestaram contra a criação dos 2,8 mil cargos.

Defesa

Já o senador Aloizio Mercadante (PT-SP), líder do governo, defendeu a aprovação dos cargos que irão compor a nova estrutura da Casa Civil da Presidência da República. Afirmou que os cargos não estão sendo criados para abrigar correligionários, conforme acusaram senadores da oposição que discutiram a matéria antes do líder. "São cerca de 40 mil postos de trabalho qualificado que deverão ser preenchidos por concurso na administração pública, cumprindo determinação da Constituição". Os 2,8 mil cargos, segundo Mercadante, foram reconstituídos. "E grande parte dos postos comissionados será destinada a funcionários efetivos do Executivo".


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)