Cassilândia, Segunda-feira, 28 de Maio de 2018

Últimas Notícias

16/06/2005 13:07

Delcidio diz que irá trabalhar de maneira conciliatória

Agência Senado

O presidente da comissão parlamentar mista de inquérito que vai investigar as denúncias de corrupção nos Correios, senador Delcidio Amaral (PT-MS), e o relator, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) reuniram-se nesta quinta-feira (16) com a equipe técnica da comissão para tentar definir uma proposta de sistematização dos trabalhos. Delcidio afirmou que pretende trabalhar de "maneira conciliatória" com a oposição para que a CPI funcione efetivamente. O petista informou que o fim de semana será de trabalho para que a reunião da terça-feira (21) seja produtiva.

Até agora, a CPI dos Correios recebeu quase 90 requerimentos, que passarão por uma triagem para serem agrupados. O relator Serraglio adiantou, entretanto, que não serão analisados pedidos que possam criar algum "conflito de competência de CPI", e que requerimentos para ouvir alguém ligado às denúncias sobre o pagamento de mesada, o chamado mensalão, a deputados da base para votarem de acordo com a orientação do governo, neste momento não serão examinados, "o que não afasta uma análise posterior".

Serraglio também informou que a Mesa da CPI já preparou um ofício para requisitar as duas gravações integrais, feitas em dias distintos, que mostram o ex-diretor de departamento dos Correios Maurício Marinho, recebendo propina.

- Também vamos pedir tudo que a Polícia Federal e o Ministério Público tiverem sobre as investigações.

Já o senador Delcidio defendeu o trabalho da CPI inclusive no recesso. Não se sabe, ainda, entretanto, se o Congresso funcionaria em julho por autoconvocação ou convocação extraordinária. O presidente da CPI disse acreditar que a intenção da oposição de trabalhar com um "relator paralelo" - que seria o senador César Borges (PFL-BA) - não será necessária.

- César Borges é meu amigo, um homem de bem, competente e sério. Ele vai trabalhar junto conosco, não precisa de relator paralelo porque o ambiente vai ser de absoluta confiança - garantiu.

A idéia difundida pela imprensa e defendida pela oposição de que a CPI é "chapa branca" também foi rechaçada por Serraglio, que considerou o carimbo "injusto".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)