Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

26/09/2007 07:18

Deferido HC a acusada pela morte do companheiro

STF

Acusada de ter matado a tiros seu companheiro, A.D.G. foi beneficiada por uma decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) que, por unanimidade, decidiu conceder ordem de Habeas Corpus (HC 91729) expedindo alvará de soltura. A.D.G. está presa preventivamente desde setembro de 2006, e pediu ao Supremo para responder à ação penal em liberdade.

A ação foi impetrada contra a decisão do relator em habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que ao invés de analisar o pedido de liminar, determinou que a cautelar fosse analisada pela Turma, juntamente com a apreciação do mérito da ação.

De acordo com informações do Ministério Público Federal (MPF), salientou o relator, ministro Ricardo Lewandowski, os autos estão conclusos há mais de nove meses para a prolação da sentença de pronúncia, “fato a extrapolar a razoabilidade dos prazos processuais penais”. A defesa de A.D.G. aguarda o julgamento do habeas corpus impetrado no STJ desde o final de 2006.

Para Lewandowski, o caso, que provavelmente trata de crime passional, permite a flexibilização da Súmula 691, segundo a qual não cabe ao STF conhecer pedido de HC contra decisão liminar de tribunais superiores que tenha negado o mesmo pedido. Ele afirmou, ainda, que a decisão do STJ questionada por este habeas corpus é extremamente sucinta e não apreciou o pedido formulado. “Conquanto neste HC tenha sido formulado pedido de liminar, submetê-lo-ei com apreciação do mérito, de uma só vez, à Turma” foi só o que disse o ministro do STJ, conforme Lewandowski.

Ainda de acordo com o relator, o parecer do Ministério Público aponta para o fato de que a ordem de prisão preventiva contra A.D.G. é de caráter absolutamente genérico. Como a prisão preventiva deve se basear em situações concretas, o ministro votou no sentido de conceder a ordem de habeas corpus. A decisão da Primeira Turma foi unânime.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)