Cassilândia, Terça-feira, 30 de Maio de 2017

Últimas Notícias

04/04/2015 11:11

Declaração de IR completa ou simplificada; saiba a difereça

Campo Grande News

O contribuinte tem duas opções para declarar o imposto de renda 2014. É possível optar pela declaração completa ou simplificada, mas o próprio programa da Receita Federal informa o que pode ser mais vantajoso.

Segundo o delegado da Receita Federal de Campo Grande, Flávio de Barros Cunha, em certo ponto do preenchimento, o programa indica no canto da tela a melhor opção. “Tem que ver o que é melhor para o contribuinte. O próprio programa indica se e melhor declarar pelo simplificado ou o completo”, comentou.

Diferença – Conforme o delegado, o desconto simplificado prevê dedução padrão única, que é 20% dos rendimento tributários, limitado a 15.880,89.

No entanto, há despesas e deduções que substituem o desconto simplificado por outro mais complexo. Aí entram as contribuições para a previdência social e privada, despesas médicas ou de hospitalização, como dentistas, psicólogos e compra de aparelhos ortopédicos e próteses; além de pensão alimentícia, gastos com educação e doações.

Caso o contribuinte tenha diversas despesas desse tipo e opte pela declaração simplificada pode sair prejudicado. “Normalmente, o desconto simplificado é mais vantajoso para pessoas com valor menor de rendimentos, que não tem filhos ou dependentes”, explica o delegado, ao destacar que o sistema apenas sugere a opção, mas quem declara escolhe.

Como declarar - A declaração pode ser preenchida no site da Receita Federal, por meio do E-CAC (Centro Virtual de Atendimento) para quem já tem uma certificação digital. É possível declarar também a partir de dispositivos móveis, como tablets ou smartphones utilizando o aplicativo m-IRPF, disponível no site www.receita.fazenda.gov.br.

São obrigados a declarar os contribuintes que receberam, em 2014, rendimentos tributáveis superiores a R$ 26.816,55 ou rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados somente na fonte, cuja soma seja superior a R$ 40 mil. Além desses, devem declarar quem recebeu, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos sujeito à incidência de imposto, realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias e futuros, auferiu ganhos e tem bens ou propriedade rurais conforme valores estabelecidos pela Receita.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 30 de Maio de 2017
Segunda, 29 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)