Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

27/04/2009 21:50

Decasséguis: Lupi protesta contra medida do Japão

Bruno Bocchini , Agência Brasil

São Paulo - O Ministério do Trabalho e Emprego protestou hoje (27) formalmente contra medidas anunciadas pelo governo japonês de financiamento do retorno de trabalhadores brasileiros que estão no Japão. O país exige, como contrapartida, que os decasséguis – como são chamados os brasileiros que emigram para o Japão para trabalhar – não voltem, por tempo indeterminado, ao país oriental.

O Japão oferece US$ 3 mil para que os brasileiros que estejam vivendo em situação difícil no país retornem ao Brasil. No entanto, o governo japonês proíbe esses trabalhadores de reingressar no país, por um período ainda não estipulado, com o visto de trabalho.

O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, encaminhou uma carta formal ao Ministério do Trabalho japonês, via embaixada japonesa, protestando contra a medida e pedindo sua revogação. De acordo com Lupi, a medida é injusta com os trabalhadores brasileiros e não condiz com a histórica relação entre os dois países.

“Acontece uma crise e a primeira coisa que se faz é criar um mecanismo, dentre outras muitas medidas corretas, que diz que para você voltar para seu país. O Japão dá a passagem, mas você só voltará o dia que o Japão achar conveniente. Ou seja, nós só servimos para construir? Para dar nossa mão-de-obra? Na hora que aperta o calo, nós somos os primeiros a ouvir: pode voltar para casa”, afirmou o ministro, em entrevista à Agência Brasil.

Lupi ressaltou que espera que o governo japonês reverta a medida. De acordo com ele, essa seria a decisão necessária para que o problema seja superado. “Você nunca viu o Brasil ter uma atitude desse tipo. Ou seja, fazer uma espécie de vinculação na necessidade, o sujeito está desempregado, então toma uma passagem para você voltar para seu país. Mas você não pode voltar mais”, protestou.

O ministro aprovou hoje uma série de medidas propostas pelo Conselho Nacional de Imigração para auxiliar os brasileiros em dificuldade no Japão. Entre elas, a regulamentação das agências que levam trabalhadores brasileiros ao Japão; a criação de uma comissão bilateral Brasil-Japão, para tratar especificamente de questões relacionadas ao trabalho de brasileiros no Japão; e a implantação da Casa do Trabalhador Brasileiro no país oriental.

Também foram acolhidas pelo ministério as propostas de saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), direto do Japão, e de realização de uma parceira com a Caixa para possibilitar o uso, no Japão, da linha gratuita de atendimento do banco.

Foi acertada ainda a criação de pontos de atendimento no Brasil para auxílio aos brasileiros advindos do Japão que buscam se recolocar profissionalmente.




Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)