Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/01/2005 09:06

Dagoberto recebe relatório sobre aftosa hoje às 15h

Cristiane Sandim

O secretário de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur), Dagoberto Nogueira Filho, vai receber hoje, às 15h, em seu gabinete, o relatório sobre procedência de rebanho bovino resultante da investigação do Departamento de Operações da Fronteira (DOF), com a análise do caso da Estância Santa Maria, em Paranhos, iniciada em 21 de dezembro do ano passado.
Na oportunidade o secretário vai receber o diretor do DOF, Cel. Geraldo Orti, que apresentará o relatório oficial do caso, juntamente com o responsável pela investigação, Del. Antônio Carlos Videira, onde constam todas as informações referentes à apuração da falsa suspeita de foco de aftosa na fronteira com o Paraguai.
Conforme Dagoberto o motivo principal da interdição da propriedade deve-se a problemas relativos à composição do rebanho e ainda ao desencontro entre o número de animais existentes e os documentos de ingresso dos bovinos na fazenda, motivo pelo qual o DOF foi convocado para investigar o caso.
Segundo o Del. Antônio Videira o documento é composto por cerca de 100 páginas onde consta um levantamento completo do caso bem como a origem desses animais.
O secretário de Estado da Produção e do Turismo (Seprotur), Dagoberto Nogueira Filho, vai receber hoje, às 15h, em seu gabinete, o relatório sobre procedência de rebanho bovino resultante da investigação do Departamento de Operações da Fronteira (DOF), com a análise do caso da Estância Santa Maria, em Paranhos, iniciada em 21 de dezembro do ano passado.
Na oportunidade o secretário vai receber o diretor do DOF, Cel. Geraldo Orti, que apresentará o relatório oficial do caso, juntamente com o responsável pela investigação, Del. Antônio Carlos Videira, onde constam todas as informações referentes à apuração da falsa suspeita de foco de aftosa na fronteira com o Paraguai.
Conforme Dagoberto o motivo principal da interdição da propriedade deve-se a problemas relativos à composição do rebanho e ainda ao desencontro entre o número de animais existentes e os documentos de ingresso dos bovinos na fazenda, motivo pelo qual o DOF foi convocado para investigar o caso.
Segundo o Del. Antônio Videira o documento é composto por cerca de 100 páginas onde consta um levantamento completo do caso bem como a origem desses animais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)