Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/01/2011 07:03

Custo do crédito diminui a intenção de compra

A política do Banco Central de elevar o depósito compulsório dos bancos, que retirou cerca de 60 bilhões de reais da economia, encareceu o custo do crédito e provocou a queda da intenção de compras das famílias paulistanas, segundo levantamento divulgado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP). A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) caiu 3,8% em janeiro e passou de 147,2 pontos em dezembro para 141,6. De acordo com a consulta feita com 2,2 mil consumidores no município de São Paulo, houve alta de 2,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com a pesquisa, todos os itens de consumo avaliados tiveram redução na intenção de compra. O grupo de bens duráveis lidera a lista, com queda de 8,1% ante dezembro. Entre as famílias que declararam maior redução da intenção de compra estão as com renda abaixo de dez salários mínimos (10,1%). No acesso a crédito, as famílias com renda acima de dez salários mínimos registraram queda de 6,4%.

O estudo mostrou ainda que a satisfação com o emprego atual diminuiu 2,3% e a renda atual teve redução de 1,1%. O nível de consumo atual caiu 4,4% e a perspectiva de consumo, 3,6%. De acordo com a Fecomercio-SP, isso se deve ao peso das despesas tradicionais do mês de janeiro.

“É importante analisar o próximo mês para saber o impacto positivo que o reajuste do salário mínimo causará no humor das famílias paulistanas. De qualquer forma, o cenário para este ano é de menos otimismo pelas políticas adotadas pelo governo para conter a inflação, que combinará na redução do ritmo de crescimento do país e níveis mais contidos na geração de emprego e renda”, informou a entidade em nota.

Por Diárionet

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)