Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/07/2015 14:00

Cuidado! Trabalhar muitas horas em pé pode ocasionar lesões na coluna

Portal Segs

São inúmeras as profissões que exigem de seus benfeitores permanecerem por muitas horas em pé, o comércio, por exemplo, está no topo da lista! Se você se enquadra nessa descrição fique atendo aos cuidados que o ortopedista Pil Sun Choi, coordenador do Grupo de Cirurgia Minimamente Invasiva do Hospital São José da Beneficência Portuguesa – SP indica para que se tenha uma coluna saudável, a primeira dica: “A prática regular de atividade física e cuidados com a postura devem ser prioridade. O sedentarismo, consequência da vida urbana moderna, interfere no metabolismo do disco invertebral, que precisa de movimento para manter o equilíbrio vital das células” ressalta.

· A coluna saudável exige que as posturas devam ser alternadas entre as posições sentada e de pé. Ficar muito tempo em pé aumenta a chance de desenvolver varizes, e se ficar parado por longos períodos, a tendência é forçar a coluna lombar e provocar dores;

· Desenvolva a consciência da postura correta, quando não se tem uma postura adequada há uma sobrecarga das estruturas vertebrais, o que provoca dores, e ao longo do tempo determina retrações musculares;

· Enquanto estiver em pé por muito tempo, recomenda-se alternar o apoio dos pés, isto é: manter um pé esticado e outro ligeiramente dobrado, ora no pé direito e ora no esquerdo. Essa postura irá retificar a lordose lombar e diminuir a sobrecarga nas estruturas da coluna.

· E se além de ficar de pé seja necessário o uso do salto alto, há uma frequência e tipo de salto menos prejudicial à coluna. No dia a dia, o ideal é três a cinco centímetros. Saltos maiores devem ser reservados aos eventos especiais e, mesmo assim, a mulher deve estar preparada para ter dores nas costas e nos pés. A dor ocorre por que os saltos altos deslocam o centro de gravidade para frente, causando um desequilíbrio. Para compensar a desproporção, as mulheres tendem a naturalmente sobrecarregar as estruturas das vértebras, causando lordose lombar, uma curvatura excessiva da coluna para dentro.

Em longo prazo, o descuido com a postura pode ser decisivo. “Além de facilitar o aparecimento de deformidades pela sobrecarga que causa nas estruturas vertebrais, os vícios posturais podem antecipar lesões discais e até artrose da coluna num prazo mais distante”, afirma. Aquela dorzinha no pescoço, por exemplo, pode indicar problemas na coluna. Mas também pode ser apenas uma tensão, um sinal de distúrbios na tireoide, na ATM (que liga o maxilar ao crânio), as dores constantes nas pernas podem indicar varizes, entre outros. Motivo pelo qual a indicação primordial é a prevenção!

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)