Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

23/10/2013 14:33

Criança que bebeu “diabo verde” se salva, mas segue mexerica e deixa mãe alerta

Campo Grande News

Após 10 dias internada, a pequena Mirella Carvalho de Oliveira, 2 anos, que ingeriu produto de limpeza pesada, popularmente conhecido como “diabo verde”, passa bem, mas continua dando trabalho a mãe Glaucia Carvalho Serafim, 18 anos. “Apesar do susto, ela continua mexerica e passo o dia correndo atrás dela para evitar novo acidente”, contou.

O drama da família começou num domingo, pouco antes do almoço. “Fui até a dispensa para pegar o macarrão e ela me acompanhou, tocou o telefone e sai para atender. Pouco depois, ouvi os gritos e fui correndo até lá, quando a vi com a boca sangrando e espumando”, relatou.

Às pressas, a bebê foi levada ao Hospital São Lucas, onde foi dispensada por um clínico geral e por uma pediatra. Os dois mandaram a criança voltar uma semana depois e não recomendaram dieta especial. Em casa, a menina ardia em febre e recusava comida.

Desesperada, a mãe começou a percorrer postos de saúde até conseguir uma vaga no Hospital Regional. Lá a criança passou a se alimentar por sonda e lutou, durante 10 dias, para vencer infecção no sangue e no esôfago. “Graças a Deus não ficou nenhuma sequela e ela já recuperou o peso que perdeu”, comemorou a mãe.

Agora, Gláucia precisa levar, todo mês, a filha ao posto de saúde para avaliar a situação do esôfago. “É mais um medida de precaução”, contou. A mãe ainda destacou que Mirella recuperou a alegria de viver e comemora o sorriso no rosto da criança. “Foram dias de muita dor e, agora, redobrei a atenção para evitar o pior”, finalizou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)