Cassilândia, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/03/2010 09:26

Criança de 3 anos morre com sinais de espancamento

Campo Grande News/ Fernanda Mathias

Uma menina de três anos morreu ontem à tarde, em Campo Grande, com sinais de espancamento. A mãe, uma mulher de 22 anos, e o padrasto da criança, de 25 anos, foram presos em flagrante e estão na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Às 7 horas de ontem, a criança deu entrada na Santa Casa, mas já sem vida e o corpo foi encaminhado ao SVO (Serviço de Verificação de Óbito). O delegado plantonista, Cláudio Zotto, conta que por volta de 16h30 a mãe e o padrasto da criança foram registrar o boletim de ocorrência.

Ao perceber que havia muitos hematomas no corpo, o delegado pediu que fosse encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal).

No instituto, foi constatado que a morte da criança foi ocasionada por hemorragia intracraniana, causada por “ação contundente” e que o cérebro da menina estava tomado por edemas, sinais de espancamento. Ao chegar na Santa Casa, o padrasto alegou que a menina havia caído e que a socorreu para o hospital.

Porém, o laudo não aponta com precisão o horário em que ela teria sofrido os ferimentos, apenas que isso ocorreu dentro das 24 horas anteriores ao exame necroscópico.

Diante das evidências de espancamento, os policiais civis foram à casa em que a família vive, no bairro Amambaí, e não encontraram sequer comida no local, o que foi interpretado como mais um indício de maus tratos.

Durante o depoimento, o casal admitiu que aplicava “corretivos” na menina e que era “muito danada”. Eles negaram espancamento e disseram que o sábado deram “cintadas” na criança.

A mãe alegou que a criança “vivia mexendo na vagina” e o padrasto disse que era “desobediente”. Ambos foram presos em flagrante e serão indiciados por maus tratos seguido de morte, crime para o qual a pena prevista é de prisão de 4 a 12 anos.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)