Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/04/2015 15:22

Cresce número de televisores, mas só 23% dos domicílios têm sinal digital

Campo Grande News

Apesar do número de televisores ter triplicado em Mato Grosso do Sul nos últimos 23 anos, menos da metade dos domicílios contam com aparelhos digitais no estado. Os dados fazem parte da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio), divulgada pelo IBGE nesta quarta-feira (29).

Conforme os resultados, das 448.169 residências utilizadas no estudo 323.981 tinham televisores, o que corresponde a um percentual de 72,3%. Em 2013, 96,5% das 862.000 casas utilizadas na amostra tinham o aparelho, ou seja, 832.000.

Na zona rural, o percentual de casas com televisão saltou de 40% para 87% desde 1990, ainda conforme os resultados da PNAD. Do total de domicílios analisados há 23 anos, 106.206 estavam fora das áreas urbanas, dos quais 42.245 contavam com os aparelhos. Agora, dos 91 mil domicílios pesquisados fora das cidades, 79 mil tinham televisor.

Com relação às TVs digitais, 23% dos domicílios pesquisados em 2013 tinham esse tipo de sinal, colocando Mato Grosso do Sul em 15º lugar no ranking nacional. A título de comparação, o Distrito Federal teve maior índice brasileiro, com 31,2% das casas analisadas usando esse recurso.

Televisores de tela plana são minoria no estado. 75,8% das casas contam com aparelhos com tubo e 42,4% usavam dispositivos de plasma ou led.

O estado ficou em 10º lugar no ranking de assinatura de serviços de TV paga no país, presente em 24% dos domicílios pesquisados no estado. Novamente o Distrito Federal ficou em primeiro lugar. Metade das casas analisadas assinava canais de televisão.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)